Header Ads

Não confunda ser gay com ser passivo...

The image “http://5fingers.files.wordpress.com/2008/06/bolts.jpg?w=401&h=301” cannot be displayed, because it contains errors.
Ser ou não ser… passivo

Fonte: 5fingers

Ser gay já pode ser um nó na cabeça de homem, imagine então o nó quando ele se descobre passivo. Erroneamente confunde-se ser gay com ser passivo, mas a história não é bem assim. Ser gay é ser capaz de amar alguém do mesmo sexo, sentir atração por alguém do mesmo sexo. Entre os gays existem aqueles que são ativos, passivo ou versáteis. Já ouvi muita piada falando que os versáteis são passivos enrustidos. Mas por que ser passivo parece ser algo ruim?

Talvez porque estamos saindo de uma sociedade machista onde a mulher não tinha um papel ativo na sociedade. Sua função era ficar em casa e depender do marido. Numa relação heterossexual, a mulher é sempre a passiva, pois é penetrada pelo homem. Fazendo a associação numa relação homossexual, o passivo é a mulher da história e por vivermos tanto tempo numa sociedade machista, pode-se pensar que isso faz com que o papel do homem passivo seja rebaixado. Ainda nesse contexto, um gay passivo pode achar que ele deve virar uma mulher simplesmente porque é passivo, mas ele, alguém tão másculo, como pode virar uma mulher? E daí entra toda a confusão entre homossexuais e transsexuais. Já disse por aqui, mas acho que vale reforçar: um transsexual é um ser humano que está preso no corpo de sexo oposto. É uma mulher que pensa como mulher, age como mulher, mas está preso num corpo de homem. É um homem que pensa como homem, age como homem, mas está preso num corpo de mulher. O buraco é mais em cima, ou seja, está no cérebro. Um gay não quer, necessariamente, virar uma mulher.

The image “http://cdn.okcimg.com/php/load_okc_image.php/images/156x28/502x373/0/13232979303256694617.jpeg___150_500_150_600_08a9f2db_.jpg” cannot be displayed, because it contains errors.

Esse fator de dominador (homem/ativo) e dominado (mulher/passiva) também mexe com a virilidade de um homem. Tanto que na Grécia, era vergonhoso ser o passivo de uma relação homossexual, pois isso acabava com a virilidade. Era uma vergonha. Era preciso ser o homem da relação, o ativo. E parece que ainda hoje esse mito existe.

Não existe problema algum em ser passivo. Ser passivo não vai fazer sua virilidade diminuir. Você não vai ficar efeminado, muitos passivos são efeminados, mas não porque ele foram passivos primeiro. Eles são efeminados e por isso decidem ser passivos. E existem gays efeminados que são ativos também. Ser passivo não significa que você quer virar uma mulher, como já disse isso é chamado de transsexualismo. Você pode ser um passivo viril, quantos caras que eu já vi que são machões e são passivos e mesmo assim, mantêm sua masculinidade.

Nenhum comentário