Header Ads

O sutiã masculino

Foto: Pierre Verdy/AFP
Modelo de 'sutiã masculino', da grife Julius.

Estilista japonês lança sutiã masculino em desfile em Paris

Faixa preta da grife Julius cobre parte superior do tronco de modelo.
Peça é criação do estilista japonês Tatsuro Horikawa, estreante na semana de moda.

Da EFE - G1

O estilista japonês Tatsuro Horikawa, estreante na semana de moda masculina de Paris, lançou nesta quinta-feira (26) um sutiã para homens no desfile em que apresentou suas tendências para a temporada Primavera-Verão 2009.

Na coleção da "Julius", a grife do também fotógrafo e escultor, a versão masculina de um dos acessórios mais tradicionais do guarda-roupa da mulher não tem tiras: é uma simples faixa preta que cobre a parte superior do tronco e aparece sob peças bordadas ou blazers informais, combinada com calças do tipo pescador, mochilas esportivas e coturnos.

Outro destaque do desfile de Horikawa, que apostou na masculinização da indumentária feminina, foram as túnicas transparentes e curtas - na altura das coxas -, que cruzaram a passarela em looks compostos por cuecas ou shorts.

Funcionária de loja japonesa confere etiqueta de sutiã

Sutiã para homens vira sucesso no Japão

Loja on-line já vendeu 300 unidades em duas semanas.
Clientes esperavam pelo produto há muitos anos, diz empresa.

Da Reuters - G1

Quem disse que sutiãs são apenas para mulheres? No Japão, um dos produtos mais vendidos em uma loja on-line de lingeries é o sutiã para homens.

A Wishroom foi inaugurada há duas semanas no "shopping virtual" Rakuten, e já vendeu mais de 300 sutiãs masculinos, ao preço de US$ 30 cada (2.800 yens).

A loja também vende calcinhas para homens, além das lingeries tradicionais para mulheres.

"Eu gosto dessa sensação", diz Masayuki Tsuchiya, representante da loja, enquanto exibe o sutiã masculino, que pode ser vestido discretamente sob a roupa.

Akiko Okunomiya, diretora-executiva da Wishroom, diz que está surpresa com a intensa procura pelo sutiã masculino.

"Cada vez mais homens estão se interessando pelo sutiã. Desde que lançamos o produto, recebemos mensagens dos clientes dizendo que esperavam por isso há muito tempo", diz ela.

O sutiã está disponível nas cores preta, rosa e branco, mas não é de fácil aceitação para todos os homens. A lingerie provocou fortes discussões na rede social Mixi, a principal do Japão. Cerca de oito mil usuários discutiam os méritos de os homens usarem uma peça íntima que "pertence" a mulheres.

Vídeo:






Nenhum comentário