Header Ads

Voyerismo Urbano - sexo na varanda

Sexo à luz do dia nas varandas de hotéis de luxo da Zona Sul atrai curiosos

Bruno Rohde e Clarissa Monteagudo - Extra

Casal flagrado fazendo sexo na varanda do hotel Fasano - Foto: Gil Rodrigues / Photo Rio News

RIO - Que passarela do samba, que nada. A história mais picante do verão aconteceu, há uma semana, bem longe da Sapucaí. Na Avenida Vieira Souto, em Ipanema, à luz do dia, um casal de turistas fez sexo na varanda do sofisticado Hotel Fasano, arrancando palmas da plateia que estava no quiosque em frente.

Quem trabalha na praia conta que o Big Brother da orla carioca é mais excitante do que o exibido na TV. E já desperta a atenção dos banhistas, que não hesitam em dar uma espiadinha para a sacada do hotel. Os estrangeiros, que chegam a pagar R$ 2.300 por uma suíte, nem usam edredom.

- Nesse verão, calorzão na varanda, quase toda noite tem. Eles estão pagando uma bolada, é a fantasia do cara. Mas de dia foi a primeira vez que eu vi - conta Paulo Alves, de 40 anos, que trabalha no quiosque em frente ao Fasano.

Os ares tropicais também deixam os turistas desinibidos no Copacabana Palace. Fotógrafos que deram plantão na porta do hotel à espera de Tom Cruise, no início deste mês, flagraram um outro hóspede, que tentava fazer fotos da sacada totalmente nu. Sua mulher só vestia lingerie.


Luneta no quarto
Isabela, funcionária do Mariott, mostra a luneta com que turistas observam banhistas - Foto: Marcelo Theobald / Extra

O porteiro Paulo Henrique Fonseca, de 37 anos, jura já ter visto de tudo na orla de Ipanema. Até um turista de fio-dental no Arpoador.

- Quando tem festa na areia, o bicho pega - diz.

Já no Hotel Marriott, os turistas dão o troco. Na suíte presidencial, onde a diária custa R$ 4, uma luneta faz a alegria do hóspede curioso. E revela mais do que uma linda paisagem.

- Além da linda vista da praia, dá para ver até a bolinha do biquíni de quem está lá embaixo. É um sucesso - diz a funcionária Isabela Guedes, de 20 anos.

Nenhum comentário