Header Ads

Exposição de fotos Luana Muniz - A Rainha da Lapa

A imagem “http://www.acapa.com.br/site/images/noticia/87952.jpg” contém erros e não pode ser exibida.
Exposição de foto sobre travesti carioca estreia em maio no Rio

A CAPA

As transexuais da boemia carioca é o tema da exposição de fotos de Pedro Stephan, que estreia no dia 6 de maio na Galeria LGC Arte Contemporânea, no Rio de Janeiro. O ensaio desvenda as atividades de Luana Muniz, travesti, empresária, produtora cultural que comanda as transgêneros que circulam à noite no bairro. A exibição faz parte do FotoRio 2009 - Encontro Internacional de Fotografia do Rio de Janeiro.

São 140 imagens, captadas ao longo de 3 anos de trabalho na Lapa, bairro que no início do século passado abrigava os grandes cabarés da capital federal. O ensaio fotográfico será exibido por meio de slides, no conceito de "quase cinema", criado pelo artista plástico Hélio Oiticica, quando uma sequência de fotos cria uma narrativa.

O público verá o ensaio fotográfico como se fosse um storyboard, em que a câmera insinua uma trajetória e instaura uma narrativa, como em um filme. Também serão exibidas 50 fotos ampliadas em papel, adianta Stephan, para que as imagens possam ser vistas em seu suporte tradicional, e não apenas como um slideshow.

"Luana é a poderosa chefona das 'bonecas' da Lapa, uma versão contemporânea do histórico malandro Madame Satã, que reinou no bairro nos anos 40. Esse ensaio artístico rompe um tabu desvendando as personalidades do bas-fond carioca", conta Stephan, que ano passado apresentou a exposição "Entre Amigos e Amores, os espaços de socialização gls do Rio". "Essa exposição é um olhar benevolente e humano para a realidade das travestis, revelando também os momentos off em que param para descansar, beber um refrigerante, retocar a maquiagem ou apenas bater-papo", acrescenta o fotógrafo.

Serviço:
Exposição de fotos Luana Muniz - A Rainha da Lapa
De 6 de maio a 27 de junho
Local: Galeria LGC Arte Contemporânea (rua do Rosário 38 - Centro - Rio de Janeiro)
De terça a sexta-feira, das 11h às 19h; sábados das 12h às 17h
Entrada franca

Nenhum comentário