Header Ads

Policiais são condenados por revelar a preso que sua namorada é transexual

Tranny's boyfriend breaks silence
Sex change ... Brigitte Fell and (insets) officers Ritson and Stacey.

Policiais são condenados por revelar a preso que sua namorada é transexual

Garrick Jacobson bateu na namorada após saber da história.
'O incidente arruinou a minha vida', disse Brigitte Fell.

Do G1, em São Paulo

Dois policiais australianos foram condenados a 125 horas de serviço comunitário por terem revelado a um preso que sua namorada era transexual, segundo o jornal "The Advertiser".

Garrick Jacobson, de 26 anos, estava detido na delegacia de Surry Hills, em 24 de setembro de 2006, quando os policiais contaram que sua namorada tinha passado por uma cirurgia de troca de sexo. Após ser libertado, ele invadiu a casa da namorada e a agrediu, segundo a Justiça de Sydney.

Os policiais Tyrone Stacey e Brendan Ritson admitiram que acessaram o arquivo confidencial de Brigitte Fell, namorada de Garrick, enquanto ele estava detido. Os policiais disseram para o jovem que ele teve relações sexuais com um homem.

Brigitte Fell passou por uma cirurgia de mudança de sexo há mais de 12 anos em Londres (Reino Unido). Ela contou que não havia contado para o namorado a história porque ele era muito temperamental. "O incidente arruinou a minha vida", disse ela.

"A informação divulgada era extremamente sensível. Foi divulgada para envergonhar e humilhar o senhor Jacobson", afirmou o juiz Glenn Bartley, destacando que os infratores deveriam ser funcionários confiáveis e responsáveis.


Preso descobre na cadeia que namorada foi homem

Clic RBS

Deve ser um baque para o sujeito receber a notícia de que sua namorada na verdade é transexual - ou seja, que um dia ela foi um homem. Pior ainda deve ser o choque de descobrir isso de forma nada delicada, como ocorreu com Garrick Jacobson. Ele foi informado sobre o passado de sua amada por dois policiais fanfarrões na cadeia.

Garrick, de 26 anos, estava detido na delegacia de Surry Hills, na Austrália. Os policiais sacanas acessaram arquivos confidenciais de Brigitte Fell - a namorada do preso - e descobriram que ela havia passado por uma cirurgia de mudança de sexo. Para humilhar o preso, contaram a história para ele e ressaltaram que havia feito sexo com um homem.

Após sair da cadeia, Garrick invadiu a casa da namorada e a agrediu. Brigitte, que passou pela cirurgia de mudança de sexo há mais de 12 anos, explicou que não havia contado nada ao namorado devido ao temperamento dele. Graças aos policiais, ela nem teve tempo de preparar o amado para a notícia.

Os policiais xeretas, Tyrone Stacey e Brendan Ritson, foram condenados a 125 horas de serviço comunitário. Saiu barato.

Nenhum comentário