Header Ads

CANADÁ: Transexual humilhada em Meaford

A imagem “http://storage.canoe.ca/v1/dynamic_resize/?src=http://www.torontosun.com/news/torontoandgta/2009/07/09/transgendered_lg.jpg&size=248x186” contém erros e não pode ser exibida.

CANADÁ: Transexual humilhada em Meaford

Transfofa para PortugalGay.pt Notícias

Uma mulher transexual alega ter sido humilhada ao ser expulsa de um WC feminino acompanhada por uma segurança no Casino Rama, em Orillia.

Carol Ann Kotsopoulos, de 38 anos, em processo de transexualidade há 21 anos, vai processar judicialmente o Casino Rama pelo alegado tratamento que recebeu a 27 de Março de 2008.

Kotsopoulos apresentou queixa ao Human Rights Tribunal of Ontario e aguarda um encontro mediado com representantes do Casino Rama.

"Estive quase a tentar o suicídio com comprimidos. Eles humilharam-me." afirmou Kotsopoulos.

Segundo a queixosa, ela e uma amiga, Glenda Killby, encontravam-se num WC feminino, ela sentada dentro de um privado, quando uma segurança lhe gritou. "Ela perguntou-me 'É um homem ou uma mulher?'"Eu disse-lhe que era uma mulher transexual, quer ver? perguntei-lhe a brincar. Então ela disse 'Não pode usar este WC, terá de usar o WC unisexo'. Ela disse que tinha sido chamada devido a uma queixa de uma terceira parte. Não existe nenhuma casa de banho unisexo que eu alguma vez tenha visto lá" afirmou Kotsopoulos.

Kotsopoulos, que se encontra reformada por invalidez por colapso nervoso devido a uma infância traumática, afirmou que foi escoltada até uma área pública onde foi rodeada por quatro seguranças.

"Foi tão pouco profissional. Eu estava completamente em choque", disse ela.

Kotsopoulos, que se mudou há alguns anos de Toronto para Meaford, situado a cerca de 20 Km a sul de Owen Sound, afirma que se está a queixar "para educar o público".

Jennifer Ramsay, da Human Rights Legal Support Centre, que representa Kotsopoulos, afirmou que transexuais nascidas com genitália masculina são educados a viverem como mulheres durante anos antes de se submeterem a cirurgias.

"É um longo e penoso processo e sabemos que um grande número de pessoas sofrem de discriminação durante este processo. Existe um enorme assédio em geral e para algumas pessoas serem humilhadas publicamente por alguém com autoridade é especialmente preocupante", disse Ramsay.

Kotsopoulos afirmou que se vai submeter à CRS em 2011. Ninguém do Casino Rama tem estado disponível para comentar.

Nenhum comentário