Header Ads

Russo mata transexual depois de descobrir que "ela" já foi homem

http://estatico.tudonahora.com.br/images/upload/7216292a1adbdb20cf96a41a111f38b4d169d7fd-destaque.jpg

Russo mata transexual depois de descobrir que "ela" já foi homem
Ele tenta suicídio em seguida, mas acaba sendo preso

Da Redação do Bem Paraná com agências

A história de amor entre Vladimir F. e Camilla, de Volgogrado, acabou de forma trágica. Vladimir matou a amada com vários tiros após descobrir que Camilla nascera homem. Os dois viviam juntos havia dois anos.

O russo de 33 anos já havia ficado arrasado depois de Camilla, de 30, ter dito "não" para o seu pedido de casamento, contou o jornal "Tvoi Den". Vladimir desconfiava de que ela tivesse um amante. Pouco depois veio a descoberta: em cartas, os amigos de Camilla o chamavam de Kirill. O mundo de Vladimir caiu.

Revoltado com a descoberta, Vladimir abriu fogo contra as partes do corpo de Camilla alteradas na cirurgia de mudança de sexo, dois anos antes de o casal se conhecer, em São Petersburgo...

Vladimir deixou o corpo de Camilla na linha do trem e tentou o suicídio. Não conseguiu e acabou preso.

Nenhum comentário