Header Ads

Sexo é psicológico


Sexo é psicológico

Do Sexxxthera

Você já disse a alguém que está sentindo frio, e ouviu o comentário infame: “é psicológico”? Uma blusa não deixa de ser uma boa terapia, mas as vezes é meramente um fator psicológico mesmo. No sexo, seu psicológico pode influenciar, e muito, seja antes, durante e até depois. Desde o começo, você já vai com impulsos e pensamentos na cabeça. O que fazer? Por onde começar? Mordo? Beijo? Rápido ou devagar?

Convenhamos que na hora, tudo acontece naturalmente e você não fica de fato pensando nessas coisas, mas saiba que, inconscientemente, você está pensando nelas sim!

Sexo não é só uma troca de fluidos corporais numa explosão química desenfreada. Estamos pensando o tempo todo em agradar e sermos agradados. Já viu um adolescente, em plena forma física, broxar na hora H? Por mais estranho que possa parecer, isso acontece muito e as vezes, nada tem a ver com disfunções corporais.

Conversamos com algumas pessoas para saber a opinião de cada uma e as respostas foram bem variadas e interessantes. Veja as perguntas:

Você acha que o sexo começa muito antes do ato em si?

Todas as pessoas com quem conversamos afirmaram que o sexo começa desde o olhar e citaram várias vezes as preliminares. Alguns já foram para outro lado, dizendo que o sexo começa sim antes do ato na imaginação.

O cotidiano do dia-a-dia pode atrapalhar? Como fazer para não levar os problemas para a cama?

Quase metade afirmou que o dia-a-dia atrapalha na hora H por causa de cansaço, stress e afins, mas apesar disso, a maioria sabe como não levar estes problemas para a cama, ou pelo menos tem alguma ideia. Alguns tentam se distrair antes com uma música, um livro ou um prato diferente acompanhado de uma bebida.

O que fazer quando não há diálogo ou é difícil conversar sobre sexo?

Quando o assunto é sexo, quase todos afirmam ter dificuldades para conversar, principalmente se há algum problema. Quando mostramos nosso artigo “conversar sobre sexo não é falar putaria“, todos concordaram que há uma grade diferença e que se sentem mais a vontade conversando com amigos ou amigas do que com seus próprios parceiros.

É perigoso tentar achar soluções por conta própria em remédios?

Apesar de muitos estarem cientes de que podem correr riscos ao utilizar medicamentos por conta própria, continuam apenas pesquisando na internet ou ouvindo opiniões e indo à farmácia.

O título do post quer dizer que muito do sexo começa antes mesmo do ato em si. No primeiro olhar que lançamos sobre uma pessoa, já tendemos a pensar em possibilidades e imaginar situações, mesmo inconscientemente. Há uma explosão química de hormônios no nosso organismo. Chegando nos finalmentes, esses hormônios e outros químicos podem influenciar positiva ou negativamente nosso desempenho. Então, o melhor conselho de todos é “deixe rolar”. Não se preocupe demais, mas também, não se preocupe de menos!

Nenhum comentário