Header Ads

20 dicas de moda para gordinhas...

Ao contrário do senso comum, estampas são bem-vindas à silhueta

Gordinhas podem ir à praia sem traumas se seguirem essas 20 dicas espertas

Terrra

Ser gordinha ou estar acima do peso já significa dificuldades para comprar roupas e mesmo tentar adaptar as peças mostradas nas passarelas pelas modelos magérrimas. Imagine então comprar peças para ir à praia ou piscina. Fica difícil até começar a procurar com aqueles modelinhos bem pequeninos expostos na vitrine.

Para facilitar essa tarefa, o Terra conversou com duas especialistas e reuniu dicas preciosas que vão fazer com que a roupa seja apenas um detalhe e não estrague seus preciosos momentos de lazer.

Confira as 20 sugestões da stylist Paula Lang, que tem entre seus clientes a atriz Claudia Raia, e da estilista Monica Angel, da Palank Fashion, especializada em tamanhos grandes.

1) Gordinhas têm formas. E é importante prestar atenção nelas. A silhueta é quem irá definir o tipo de maiô ou biquíni a escolher. Quem tem ombros maiores do que os quadris, por exemplo, pode apostar em calcinhas com detalhes nas laterais, o que dará equilíbrio à figura.

2) Não se prenda a estereótipos como gordinhas não devem usar biquínis e nem pensar usar calcinha de amarrar nas laterais. É tudo uma questão de equilibrar a silhueta. Muitas vezes vale mais aliviar do que carregar de tecidos a região que se pretende disfarçar.

3) Se estiver procurando uma peça mais firme, a recomendação são as calcinhas com três ou quatro centímetros nas laterais. Não invista nas gigantes como uma hot pants, pois além de não disfarçarem o volume lhe deixarão com uma marca branca enorme.

4) O mesmo vale para sutiã tipo cortininha. Não está restrito a magrinhas, mas às mulheres que têm os seios firmes ou às siliconadas. Isso porque o peito pode escapar pelas laterais ou por baixo, caso não esteja tão no lugar.

5) Gordinhas com seios flácidos ou espalhados devem optar por sutiãs com bojo, pois aqui a questão não é gordura e, sim, sustentação. A regra vale para as magrinhas também.

6) A gordura com flacidez deve ser disfarçada. Se o problema estiver na barriga, prefira calcinhas do tipo sunquíni.

7) Comprar moda praia é como procurar pela calça jeans perfeita. É necessário experimentar, experimentar, experimentar, até encontrar a que veste bem.

8) Não se esqueça de que mesmo que não pratique esportes na praia, é necessário ter peças que ofereçam sustentação e permitam movimento.Você provavelmente irá tomar banho no mar e pelo menos sentar-se e levantar-se da cadeira ou esteira. O maiô ou biquíni deve mantê-la coberta nessas horas.

9) Privilegie sempre o conforto. Nada de roupas que apertam ou estão desconfortáveis. Lembre-se de que você está num momento de lazer e a roupa deve ser um aliado e não inimigo.

10) Não adianta querer apertar tudo para parecer menor. Peças muito apertadas vão destacar a gordura em volta delas. Pode até criar novas dobras, como na cintura ou em volta das coxas. Use peças adequadas ao seu tamanho.

11) Estampas não fazem a pessoa parecer maior. Na verdade, são boas aliadas para disfarçar medidas. Embaralham a visão enquanto uma peça lisa dá um contorno mais definido e deixa todo o volume à mostra. Apenas evite as com desenhos gigantes.

12) Por outro lado, um maiô liso também pode ser usado como body e compor look para passeio mais tarde.

13) Preste atenção ao optar por um maiô ou biquíni com sutiã tipo tomara-que-caia. Pode parecer vantagem não ter as marcas das alças, mas lembre: esse modelo deixa uma marca horizontal em toda a circunferência do corpo que pode ficar aparecendo quando quiser usar uma regata mais decotada ou blusa mais cavada.

14) Maiô tomara-que-caia fica melhor em mulheres mais altas. Se for muito baixinha, vai achatar a silhueta usando uma faixa que corta o corpo horizontalmente.

15) Pense nas suas qualidades e não apenas nos defeitos. É mais comum prestar atenção apenas às partes do corpo que queremos esconder e nos esquecer das que devem ser valorizadas. Por exemplo, se tiver um colo bonito, invista num maiô ou biquíni que destaque a região. É um dos recursos mais utilizados por especialistas.

16) Não pense que irá disfarçar medidas usando apenas peças comportadas. O estilo da roupa nada tem a ver como resultado no seu corpo e ainda poderá deixá-la com ar envelhecido. "Vai ficar parecendo a vovó quando deveria estar divertida", disse Paula Lang.

17) Uma boa alternativa são as marcas que têm linhas tipo exportação. Geralmente, as modelagens são maiores, mas as coleções mantêm os detalhes usados nas peças vendidas por aqui. Portanto, é possível achar uma calcinha com bumbum maior, mas com laços do lado ou sutiãs com aplicação de pedras.

18) Não desanime se não encontrar o conjunto perfeito. Se ao experimentar o biquíni, apenas a calcinha ficar perfeita e você adorar o modelo e estampa, leve. O mesmo vale para o sutiã. Quanto à outra parte, dê para alguém ou guarde para usar em outra oportunidade, caso pretenda emagrecer. Algumas marcas oferecem a possibilidade de comprar os itens separados. Também pode ser uma alternativa.

19) Invista em acessórios como chapéus, óculos, saídas como túnicas.

20) Seja feliz. Desfrute de momentos agradáveis e não fique encanada apenas com a forma. Se seu corpo a incomodar, quando voltar à rotina, tome providências para deixá-lo do jeito que a deixaria contente.

2 comentários

Curiosa em Ação disse...

Kate ....
quanto tempo não dava uma voltinha por aqui !
Teu blog é maravilhoso! Tanto contribuis para a vida das gordinhas e dos mais diversos gêneros sexuais .... Aproveita-se cada post por aqui !
Parabéns ...

Bjinhos

Katia Steelman Walker disse...

Muito obrigada! Tb adoro o teu blog... sempre visito.
Bj!