Header Ads

A feminidade e o charme das crossdressers

Olá a todos os leitores do Diário T-Lover,

A feminidade e o charme de algumas crossdressers

Venho hoje com esse texto falar um pouco das crossdressers que segundo a Wikipedia são homens que tem o fetiche de usar roupas do sexo feminino, a crossdresser não necessariamente seria homossexual, existem crossdressers que são heterossexuais e que não sairia com outro homem, mas há as crossdressers bissexuais e as que curtem homens. Hoje em dia vivemos uma diversidade muito grande e o que vem mais crescendo nos últimos tempos são as crossdressers se assumindo e algumas sendo até bem femininas.

No blog falo bastante sobre travestis e transexuais, mas no Orkut e em comunidades relacionados ao universo T há bastante presença de Crossdressers (CDs) que usam roupas femininas e algumas procuram sair com um homem para realizar o desejo delas em ser uma “fêmea” entre quatro paredes para o seu macho. Existem crossdressers que não são muito femininas e fazem isso por gosto particular e há outras CDs que quando se montam são lindas demais chamando atenção até de alguns homens.

Às vezes posso fugir do termo ou me equivocar porque nessa área há bastante variedade, há aquelas que somente usam roupas de mulher sem um dia querer se tornar uma mulher e há aquelas que começam a se hormonizar e aos poucos se tornando cada vez mais femininas. Conheço crossdressers que montadas eu não diria que fosse uma CD e sim uma travesti no inicio de sua transformação, mas algumas me dizem que são CDs ainda e que para ser travesti falta muito.

Na internet tenho contato com algumas crossdressers e vejo as fotos de algumas, fico impressionado como as CDs se maquiando bem e se montando pode se tornar uma mulher atraente. Nas comunidades do Orkut e em alguns lugares vejo certa rivalidade entre travestis e crossdressers, o que é muito citado pelas travestis é que são femininas, são mulheres corajosas que se assumem sua feminidade diante a sociedade, colocam seios, bumbum e faz a transformação no corpo e dizem que “enquanto isso as Crossdressers são homens que brincam de ser mulheres”. E da outra parte a mesma rivalidade, as CDs dizem que “a travesti de hoje já foi CD algum dia” e palavras como essas gera certa confusão entre CDs e travestis.

Não sei o motivo exato dessa richa entre CDs e travestis, eu gosto muito de travestis, pois passam a imagem mais de mulher e a dualidade em um corpo só, mas não dispensaria uma crossdresser bem feminina e bem arrumada. O único ponto negativo é que se relacionar com uma CD pode ser só por uma noite, afinal de contas a Crossdresser não é mulher 24Hs por dia, ela tem seu emprego, amigos, família e tudo mais. Muitas CDs continuam sendo CDs e não avançam mais por receio de perder estabilidade, emprego, família e amigos.

Enquanto isso com as travestis você pode se relacionar com ela pois é uma mulher 24 horas por dia, pois a travesti assume sua imagem feminina perante a sociedade. Há declarações que escuto de que “CD não cobra para fazer putaria” e do outro lado “Esses homens barbados achando que são mulheres”. Tirando um pouco essa richa entre CDs e TVs o que eu gosto é ver a figura feminina, na travesti com certeza eu encontro e posso assumir uma relação porque a travesti é uma mulher 24 horas por dia. Agora com uma crossdresser seria mais complicado porque iria ficar com a mulher montada e depois que ela estivesse de “sapo” você não a reconheceria e se você soubesse que o seu amigo é a “sua amiga” entre quatro paredes perderia o “encanto” de ver aquela imagem feminina e de uma mulher.

Mas eu já fiquei com algumas CDs achando que fossem travestis de tão femininas que eram. Eu gosto muito de travesti e transexuais, pois na travesti eu vejo a imagem de uma mulher e sei que ela tem “algo a mais”, a dualidade em seu corpo e tudo aquilo que chama a atenção dos T-Lovers e admiradores, mas eu não dispensaria uma CDzinha bem feminina, educada e carinhosa. O negócio é você seguir a vida e procurar sua felicidade.

Assim como há bastantes travestis lindas e maravilhosas há também crossdressers que montadas viram um mulherão.

Esse post foi para falar um pouco das crossdressers, peço já desculpas a qualquer equivoco que tenha cometido neste texto. Não tenho nada contra as CDs e jamais desmereceria as travestis que gosto muito. Quem quiser deixar seu comentário postando seu ponto de vista sinta-se a vontade.

Beijos para as CDs e T-Gatas.

Do Diário do T-Lover

Um comentário

Anônimo disse...

cd é uma situação de femininidade interna, só quem é uma cd pode entender realmente, pois o prazer de se transformar as vezes independe até da tendencia sexual