Header Ads

A diferença entre transexuais e travestis


Muita gente as admira. Homens e até mulheres chegam a vê-las como modelos ideais de beleza e sensualidade. Certo é que a maioria das pessoas possui bastante curiosidade, mas pouca informação sobre o assunto.

Para ajudar a esclarecer um pouco mais os temas travestibilidade e transexualidade, vou explicar para vocês de maneira resumida e extremamente descomplicada as principais diferenças entre travestis e transexuais.

TRAVESTIS:
  • As travestis nasceram homens, mas se sentem também mulheres (guarde bem esta palavra). Elas abrigam dentro de si as duas identidades de gênero: tanto a masculina quanto a feminina e convivem bem com ambas. Muitas vezes fazem o papel de "ativo" (principalmente quando são profissionais do sexo) e geralmente já tiveram relações com mulheres. É por essas razões que elas normalmente não cortam o pinto fora fazem a cirurgia de readequação genital.
TRANSEXUAIS:
  • Já as transexuais não curtem quando tiram a calcinha e vêem um pênis ali, no lugar onde para elas deveria ter nascido uma vagina. Elas se sentem mulheres aprisionadas em corpos masculinos e sofrem muito com isso. Assim sendo, normalmente são elas que recorrem à cirurgia citada no parágrafo anterior para remoção do pênis e criação de uma neovagina. Só desse jeito é que alcançam a tão desejada harmonia entre seus corpos e suas mentes.

Portanto, travestis e transexuais têm em comum o fato de sentirem-se mulheres. A grande diferença é que as primeiras sentem-se pertencentes aos dois gêneros (embora possuindo mais identificação com a sua parte feminina), enquanto as últimas se vêem apenas como sendo do sexo oposto.

Além disso, segundo pesquisadores, a identificação como travesti ou transexual também é socialmente construída. Neste sentido, o termo "travesti" está culturalmente mais associado a pessoas negras, pobres e que se prostituem, enquanto "transexual" está ligado a pessoas brancas, de classe média e que sabem se expressar melhor.

Espero ter ajudado a desvendar um pouco o misterioso mundo "trans" e mostrado que as coisas podem ser menos complicadas do que parecem quando temos em nossa mente as informações corretas e no coração o respeito pelo nosso semelhante. Até o próximo "Momento Isa Ensina".

Do Um Pouco além do óbvio

Nenhum comentário