Header Ads

Motéis proíbem a entrada de pessoas do mesmo sexo

A Associação Amazonense de Gays, Lésbicas e Travestis (AAGLT) está denunciando a prática da discriminação por motéis e pousadas da Zona Norte, que estariam proibindo a entrada de pessoas de mesmo sexo. O funcionário público Daniel Coelho, 30, conta que foi vítima do problema na noite da última quarta-feira, 20, quando tentou entrar com o parceiro em dois estabelecimentos – a Delírios Pousa e Minha Pousada – situados na avenida Samaúma, no Montedas Oliveiras, Zona Norte, e foram impedidos. "Fiquei totalmente constrangido, em estado de choque, quando fui informado que não poderia entrar e que se tratava de um acordo entre os donos de motéis", afirmou Daniel, que denunciou o caso à AAGLT.

Segundo ele, um dos recepcionistas teria dito, ainda, que a proibição se deu por conta de brigas e discussões que ocorrem comumente envolvendo casais gays. "Sou acostumado a frequentar motéis nas zonas Norte e Leste por serem mais próximos de casa e disse que iria denunciar essa situação", ressaltou, adiantando que registrará um boletim de ocorrência no 15º DIP por discriminação e preconceito. Daniel é militante do movimento homossexual amazonense desde 2005 e presidente da Liga Gay de Vôlei do Estado.

A presidente da AAGLT, Bruna La Close, informou que denunciará o caso ao Ministério Público. O presidente da ONG Orquídeas LGBT, Fabrício Nunes, considera a atitude dos estabelecimentos um retrocesso. "É importante que as vítimas tomem providências diante dessa violação do direito de ir e vir, pois não existe nenhuma regra dizendo que um indivíduo hétero ou homo não pode entrar num estabe lecimento porque pode brigar.

Do Athos GLS

Nenhum comentário