Header Ads

Ricky Martin afirma que sair do armário foi um "longo processo"

No sábado (19), Ricky Martin foi homenageado por ONG que reúne gays e lésbicas do entretenimento

Ricky Martin premio gayDepois de revelar sua homossexualidade em público, há praticamente um ano, Ricky Martin disse que esse foi um processo bem intenso. Neste sábado (19) ele foi homenageado na premiação da ONG GLAAD (sigla para Aliança de Gays e Lésbicas Contra Difamação em inglês). "Foi denso e um processo espiritual que demorou cinco anos para acontecer, especialmente os últimos dois", disse ele em entrevista à revista People, em Nova York, nos Estados Unidos.

"Eu tive de compartilhar isso com o mundo", disparou, informando que todos o receberam de braços abertos: "minha conta no Twitter saltou de 500 mil seguidores para mais de 1,8 milhões", exclamou, afirmando que sua base de fãs também. "É uma honra aceitar o Vito Russo Award em nome dos gays e lésbicas do entretenimento. Hoje ando com a cabeça erguida e estar aqui, recebendo um prêmio por isso, é só o começo".

O dono do hit Livin' La Vida Loca quer abraçar ainda mais a causa e semear a mensagem de amor e igualdade ao resto da América Latina: "vamos compartilhar o amor! Vamos ao México! Vamos à Colombia! Vamos à Argentina! Vamos ao Chile! Vamos ao Brasil! Precisamos da GLAAD ¿ precisamos de vocês lá. Eu posso ajudar, posso fazer isso! Quero fazer parte disso e vou fazer".

Do: Terra via: Mundo Alternativo

Nenhum comentário