Header Ads

Funcionário é chamado de “viadinho” e pode ser indenizado


A Sul América Cia Nacional de Seguros pode ter que indenizar em R$50 mil um funcionário homossexual que foi xingado de “viadinho” pelo gerente.

Segundo relatos, o funcionário de identidade não revelada era constantemente humilhado na frente de colegas da empresa.

Justiça exige indenização para funcionário homossexual que era constantemente xingado de 'viadinho'

Justiça exige indenização para funcionário homossexual que era constantemente xingado de 'viadinho'

“É evidente que os atos reiterados do gerente, no ambiente de trabalho, ridicularizando o subordinado, chamando-o pejorativamente de “viadinho”, revelam discriminação, preconceito e desprezo em relação à pessoa do acionante e, assim, certamente afetaram a sua imagem, o íntimo, o moral, resultando em prejuízo moral que deve ser reparado”, revelou o juiz José Saba Filho, da 73ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro, ao punir a empresa com a indenização por danos morais.

A seguradora ainda pode recorrer da decisão.

Do Dolado

Nenhum comentário