Header Ads

Ricky Martin diz que odiava quando as pessoas o forçavam a dizer que era gay

O cantor Ricky Martin revelou que "odiava" quando as pessoas tentavam forçá-lo a assumir sua homossexualidade. Em entrevista ao The Guardian, ele diz que os frequentes questionamentos eram "muito dolorosos" e que isso o impediu de assumir que era gay. As informações são do site NME.

"Odiava ser forçado a dizer algo que eu não estava pronto a dizer. Era muito doloroso e isso fez com que eu evitasse assumir [minha sexualidade]", disse.

No ano passado, o cantor postou uma mensagem em seu site oficial assumindo que era gay. "Tenho orgulho de dizer que sou um homem homossexual de sorte", dizia o texto. Em 2008, ele se tornou pai de gêmeos gerados por uma mãe de aluguel.

Ele contou o quanto ficou nervoso após revelar sua opção sexual: "Quando apertei o botão 'enviar', fiquei com muito medo. Fui para o meu quarto e abracei o travesseiro, Três minutos depois, liguei para uma amiga e perguntei o que as pessoas estavam dizendo. Ela disse, chorando: 'você não vai entender quanto amor está recebendo'".

Ricky Martin conta também que era muito difícil esconder sua sexualidade: "Se eu tivesse gasto um quarto do tempo que gastei tentando esconder minha sexualidade na frente do piano, seria o melhor pianista da atualidade", disse.

Fonte: UOL

Um comentário

Me encontrando disse...

Guardadas as devidas proporções, eu passo por isso!!

Estou em um momento de me aceitar quanto a minha sexualidade!!!

Fiquei emocionado lendo o seu post!!

BEIJO GRANDE