Header Ads

Aguinaldo Silva afirma que gays se fazem de coitadinhos

Cansado das críticas ao personagem Crô, interpretado por Marcelo Serrado em Fina Estampa, da Globo, o autor Aguinaldo Silva desabafou no seu perfil do Twitter. As declarações indignadas foram feitas neste domingo (27).

"Não sei o que é pior nessa história toda em torno do preconceito: se a homofobia ou o vitimismo gay. Mas o fato é que os gays no Brasil entraram numa onda de 'por favor, nos amem, somos coitadinhos!' Isso é detestável: fala sério!", escreveu.

Desde que a novela estreou, militantes do movimento gay tem feito duras reclamações sobre a maneira como Aguinaldo tem construído o personagem. O autor respondeu afirmando que não vê diferenças entre as pessoas seja por raça, sexo, religião ou preferência.

"Por isso deixei de ser ativista: porque, quando olho para uma pessoa, gay ou o diabo a quatro, o que eu vejo é apenas isso: uma pessoa. Cada pessoa é uma pessoa. Não existe isso de igualar pessoas por raça, sexo, religião ou preferência. Eu sou eu, você é você, somos únicos", pontuou.

Do Correio da Bahia

Nenhum comentário