Header Ads

Transfobia na novela Fina Estampa sem justificativa irrita travestis

o capítulo desta quinta-feira da novela Fina Estampa, da Rede Globo, a personagem Marcela (Suzana Pires), vai tirar satisfação da gravidez de Esther (Julia Lemertz). A jornalista, amante de Paulo (Dan Stulbach) bate boca com a esposa grávida que diz que ela é como uma traveca. “Você gosta de quiabo? Por que tem gente que gosta de quiabo e tem gente que gosta de dormir com travesti. Porque é isso que você é, um travesti, e é isso que o Paulo foi procurar na rua, um travesti vagabundo e barato. Você acha que ele ia gostar de uma mulher que mais parece uma traveca?” Na continuação da cena, Marcela tenta fazer Esther engolir uma pílula e diz que o filho dela não vai nascer. A cena é interrompida por vizinhos e Marcela foge do prédio.

A cena virou uma das mais comentadas na internet e a transfobia da personagem foi multiplicada pela audiência. Nas listas da militância, as travestis ficaram indignadas com a cena, e acusaram o programa de incentivar o preconceito contra as travestis, quando as chama de sujas e baratas. Como Marcela não é travesti, a ofensa foi colocada na trama gratuitamente, ofendendo as travestis de verdade e estimulando que ser travesti é algo negativo.

Do Revista Lado A

Nenhum comentário