Header Ads

Amigo gay: todo mundo quer



Está na moda ter amigo gay. Ele está sempre de bom astral, é sensível, sincero, entende de maquiagem, moda e cabelo, ama bater perna, olhar vitrines, passa 2/3 do dia fofocando e possui um profundo entendimento, quase que filosófico, sobre os desejos e as angústias da alma feminina.

Bom, isso é o que os seriados americanos, como “Sex and the City”, “Ugly Betty” e “Will & Grace”, têm mostrando quando mencionam a relação entre mulheres héteros e homens gays. As novelas brasileiras não ficam de fora e também contribuem com o desespero da minha vó, que deve me imaginar de salto e fazendo pole dance nas baladas.
As duas últimas novelas das oito e o Big Bother Brazzzil, na Rede Globo, por exemplo, trouxeram esse estereótipo de que todo gay é divertido, espalhafatoso, com vários trejeitos femininos.

Às vezes, tenho impressão que todas as mulheres esperam que os gays passem a vida inteira contribuindo para a manutenção da autoestima delas, através dos elogios exagerados. E que seus poodles de companhia quebrem o pescoço para observar o cara sarado e viril, passando do outro lado da calçada, como se ele fosse um frango de padaria.

A única coisa que sei sobre maquiagem é: M.A.C é muito mais cara que Avon. Sinto informá-las, mas quanto à sua roupa, só poderei opinar se a calcinha está marcando ou não. Sobre moda sei que o Ronaldo Fraga é mineiro... e feio. No shopping, gosto de ficar tranquilo na praça de alimentação, tomando um chope e falando de coisas proveitosas.

Não chamo minhas amigas de piranha, puta, nem de biscate. Não sou sua amiga. Odeio ser tratado no feminino. Você pode não achar, mas sou Homem. Posso abrir o zíper da calça e provar, se for preciso. E acredite, não me importo em ver você se trocando, seminua ou completamente pelada, mas prefiro evitar. E, olha, não tenho interesse algum em ver o resultado da sua depilação íntima.

Mas de uma coisa você pode ter certeza sobre o seu amigo gay: sempre que precisar, ele estará por perto, lado a lado, nas horas boas e nas difíceis. Você sempre poderá compartilhar emoções e segredos com ele, mesmo que vocês não tenham nada em comum. Ele sempre será seu amigo de verdade, não por ser gay, mas por amar você.

Nenhum comentário