Header Ads

Antigo marine diz que arranjou inúmeros encontros de estrelas de Hollywood




Cary Grant, George Cukor, Rock Hudson (foto), Vivien Leigh e Katharine Hepburn são algumas das estrelas para as quais Scotty Bowers afirma ter arranjado encontros com gays e bissexuais desde os anos 1940.

"Mantive-me em silêncio todos estes anos porque não queria prejudicar ninguém" refere Scotty Bowers, um antigo marine, atualmente com 88 anos, acrescentando ter acedido a contar agora a história dos encontros que arranjou por a generalidade dos envolvidos já não ser viva.

"Full Service: My Adventures in Hollywood and the Secret Sex Lives of the Stars" ("Serviço Completo: As Minhas Aventuras em Hollywood e a Secreta Vida Sexual das Estrelas") é o livro que Bowers escreveu com Lionel Friedberg, premiado produtor de documentários.

O livro será publicado dia 14, mas os casos que lá são referidos já começaram a ser avançados em artigos de jornais.

'Intermediário' ao longo de três décadas


Bowers diz que, após ter combatido na Segunda Guerra Mundial, chegou a Hollywood e começou a trabalhar numa estação de serviço, na esquina da Van Ness Avenue com a Hollywood Boulevard, próximo dos estúdios da Paramount.

Que em 1946 começou a ter encontros com pessoas da indústria cinematográfica, entre outros, assim como a promover encontros com outras pessoas.

Em 1950 deixou de trabalhar na estação de serviço, sobrevivendo nas duas décadas seguintes trabalhando em bares e prostituindo-se.

Afirma que serviu de 'intermediário' ao longo de três décadas e que nunca foi apanhado porque memorizava tudo, não havendo por isso nenhum "livro negro" que pudesse ser descoberto.

Diz, contudo, que nunca foi um chulo, afirmando que não ganhava dinheiro com os contactos que promovia com estrelas de cinema, entre outros.

Um documentário sobre a vida de Bowers


Sobre Katherine Hepburn diz que lhe arranjou encontros com "150 mulheres diferentes". Outros casos que conta, envolvem nomes como Spencer Tracy, Cole Porter e o duque e a duquesa de Windsor.

Matt Tyrnauer, escritor da Vanity Fair e autor do documentário "Valentino: The Last Emperror", diz há muito que antigas estrelas de Hollywood lhe contavam histórias sobre Bowers, mas que este só agora decidiu falar.

A acreditar no que conta, Bowers fornece mais dados sobre as vidas sexuais paralelas que antigas estrelas Hollywood conseguiram manter ocultas durante os seus anos áureos.

Matt Tyrnauer vai avançar com um documentário sobre a vida de Bowers.

Nenhum comentário