Header Ads

Operação “Mão de Veludo” prende travestis e suposto cafetão


Os alvos eram travestis e cafetões envolvidos em assassinatos e tráfico de drogas. Policiais da Delegacia de Homicídios, em posse de cinco mandados de prisão, iniciaram na manhã desta quinta-feira (12), a operação “Mão de Veludo”. Foram até a Rua Monsenhor Celso no Centro de Curitiba; também enviaram equipes para a Rua Anne Frank no Boqueirão e até a praça Ouvidor Pardinho no Rebouças.

Cinco pessoas foram presas: Kempz Vieira Guerra, 23 anos (foto acima), e Bruno Cardoso Martins Santos, 23, a "Yasmim" (foto ao Lado), Tiago Henrique Lemos de Andrade, André Luiz Barragana, 42, e Jean Augusto Bastos Prado, a "Bombom".

Eles foram detidos em apartamentos de um prédio da Monsenhor Celso e na Rua Cruz Machado. Com eles foi apreendido maconha, R$ 1.010,00 em dinheiro trocado e celulares.

Kempz é acusado de cobrar R$ 70,00 por noite para os travestis ocuparem pontos dominados por ele, principalmente na Anne Frank e na praça Ouvidor Pardinho. A taxa, paga por cada travesti, seria referente à segurança.

Além disso, segundo a polícia, Kempz seria responsável pelo assassinato da travesti Joana (Ricardo Farias, 41) em 10 de outubro de 2011. Joana estaria tentando tomar os pontos de prostituição que ele teria no Boqueirão. Tiago é acusado de participação no mesmo homicídio. "Bombom" seria a namorada de Kempz, segundo a polícia. Os presos foram encaminhados para a sede da DH.

Do Banda B

Nenhum comentário