Header Ads

Chinês tem a casa invadida e o pênis roubado

 Policiais da aldeia de Niqiao, na província de Zhejiang, na China, investigam um crime tão inusitado quanto bárbaro: o morador Fei Lin, de 41 anos, acionou a emergência afirmando que teve o pênis roubado. O asiático dormia quando teve a casa invadida por homens não-identificados, que cobriram sua cabeça e cortaram seu órgão sexual. "Estava tão chocado que não senti coisa alguma. Então vi que estava sangrando e meu pênis tinha sido levado", relatou a vítima ao jornal Huffington Post.

O chinês foi conduzido a um hospital, onde permanece se recuperando da agressão. A polícia trabalha com a hipótese de crime passional e acredita que os agressores seriam companheiros de várias mulheres com as quais a vítima teria envolvimento sexual. A partir das supostas traições amorosas, os investigadores procuram identificar possíveis suspeitos.

Fei Lin negou que tivesse participação em casos de infidelidade conjugal. Equipes da polícia e de socorristas chegaram a dar buscas na residência, mas o pênis da vítima não foi encontrado.  

Do EM

Nenhum comentário