Uma Crossdresser Gordinha Complicada e Imperfeita

Ria Cooper: transexual que mudou de sexo e afirma arrepender-se

Ao nascer foi batizado como Bradley. Embora parecia um homem, se sentia preso em um corpo estranho, achava que era uma mulher. Aos 12 anos começou a usar a roupa de sua mãe e a vestir de menina e aos 15, pediu ajuda aos médicos para mudar de sexo. Aos 17 conseguiu.
Ria Cooper, como se chama atualmente, apareceu nos principais jornais do mundo: converteu-se na pessoa mais jovem do Reino Unido em mudar de sexo.
No entanto, as coisas não saíram de acordo ao planejado. Embora Cooper submeteu-se a uma avaliação psicológica antes de iniciar a terapia de mudança de sexo, sua nova condição de mulher também não lhe garantiu a felicidade.
As injeções de hormônios provocaram mudanças drásticas de ânimo e um desejo sexual alto que não conseguia satisfazer. Não pôde encontrar namorado, tentou se suicidar duas vezes e terminou na prostituição.
“Na noite em que me quis cortar as veias bebi uma garrafa de Jack Daniels pensando como me sentia sozinha e como minha decisão tinha afastado de minha família, portanto teria que voltar a ser um homem para resolver”, disse Ria ao Daily Mail.
Cooper cancelou a operação de mudança de sexo completa que estava programada para janeiro e deixou a terapia de hormônios femininos que lhe fez crescer os seios. Hoje está em uma depressão profunda, não tem trabalho e dorme em um porão de uns amigos.
Por isso, deseja se converter novamente em homem. Acha que se volta ter barba e usar calças masculinas terá melhor sorte no amor e que se desfaz de sua mudança, sua família a aceitará novamente.
“Não quero viver em isolamento, longe de todos os que amo. Esta é a única maneira de avançar. Só quero ser feliz e esta é minha última oportunidade”, disse ao diário britânico.
Os sonhos de Cooper mudaram e já não sonha em ser mãe e esposa. Hoje quer unir-se ao exército, ter uma carreira nas forças armadas e voltar a chamar-se Bradley.

Do Bulhufas

 
Share:

Jared Leto aparece de travesti nos bastidores de filme sobre aids

Uma mulher (sem muitos atrativos) andando pelos bastidores do filme “The Dallas Buyer’s Club”, cujo tema é a epidemia de aids nos anos 1980. Quem é ela? Uma travesti de nome Rayon, a qual, na verdade, é a personagem vivida pelo gato Jared Leto na produção.
Pelo twitter, o líder da banda 30 Seconds to Mars anunciou que tinha acabado de depilar as pernas e que entendia agora a dor que as mulheres sofrem para ficar lindas.
A personagem de Leto tem HIV e mantém relações com o grupo comandado pelo personagem Ron Woodruff, vivido por Matthew McConaughey, o qual emagreceu cerca de 13 quilos para o filme, que fala da luta por medicamentos que postergassem a morte de quem tinha HIV.

Share:

-

BANNER 728X90

Video Recomendado

-

AD BANNER

Visualizações

About & Social

Sobre este blog

Aqui eu não sou homem ou mulher. Sou um adepto do crossdresing. Sou uma Crossdresser - CD ou CDzinha. Desde os 9 anos, adoro lingeries e roupas sexyes. Levo uma vida normal masculina e tenho uma vida clandestina feminina.

Me proponho aqui a falar um pouco de tudo, em especial das Crossdressers, dos transexuais, dos Travestis e da enorme comunidade
LGBT existente em todo o mundo. Um estilo de vida complicado e confuso (para alguns)... Este espaço também se presta para expor a minha indignação quanto ao ódio e preconceito em geral.

Observo que esse é um blog onde parte do que aqui posto pode ser considerado como orientado sexualmente para adultos, ou seja, material destinado a pessoas maiores de 18 anos. Se você não atingiu ainda 18 anos, ou se este tipo de material ofende você, ou ainda se você está acessando a internet de algum país ou local onde este tipo de material é proibido por lei, NÃO siga 'navegando'.

Sou um Crossdresser {homem>mulher} casada {com mulher - que nada sabe} e não sou um 'pedaço de carne'.

Para aqueles que eventualmente perguntam sobre o porque do termo 'Crossdresser GG', eu informo que lógico que o termo trata das minhas medidas. Ja que de fato visto 'GG'. Entretanto alcunhei que 'GG' de Grande e Gorda, afinal minhas medidas numéricas femininas para Blusas, camisetas e vestidos são tamanho: 50 e Calças, bermudas, shorts e saias são tamanho: 50.

Entre em contato comigo!

Nome

E-mail *

Mensagem *

busque no blog

Arquivo do blog

TROCA DE LINKS

Apoio ao Crossdresser
Universo Crossdress
Márcia Tirésias
Club Cross
Fórum Crossdressing Place
Jornalismo Trans - Neto Lucon
Kannel Art
Noite Rainha Cross
Diário de uma Crossdresser

Gospel LGBT
Dom Monteiro - Contos do Dom
La nueva chica del bairro
Ravens Ladies
Travestismo Heterosexual

CROSSDRESSER
Nathasha b'Fly
Veronica Mendes
Camilinha Lafert
Kamila Cross BH
Sophia Mel Cdzinha

DANYELA CROSSDRESSER
Duda CD
Bruninha Loira sapeka
Cross Gatas
Klesia cd
Renata Loren
Coroa CD
Suzan Crossdresser
Érika Diniz
CDZINHA EXIBICIONISTA
Aninha CDzinha
Camila Praz
CD VALDETTY
CD Paty
Cdzinha Moranguinho
Jaqueline CD
Paty Cdzinha

Contos Eróticos da Casa da Maitê
Elite Transex

Mais

Mais vistos na ultima semana

Tags

Postagens mais visitadas há um ano

Postagem em destaque

Renata Montezine arrasando como sempre

Renata Albuquerque Montezine é atualmente uma das mulheres trans, de maior sucesso no país. Já foi modelo plus size, sendo a primeira...

Pages