Header Ads

Aguardado diálogo entre novo Papa e a comunidade gay

O papa Bento XVI surpreendeu a todos com a notícia de sua renúncia, que se tornará efetiva no dia 28 de fevereiro.

Frente às ínumeras polêmicas, a organização de homossexuais católicos norte-americanos, Dignity USA, resolveu se manifestar pedindo para que o próximo líder religioso a ocupar o posto maximo do Vaticano dialogue com as minorias.

"Pedimos à nossa igreja que não só nos aceite, como defenda a dignidade e igualdade entre todos os humanos, independentemente da sua orientação sexual ou identidade de género", diz o comunicado.

A organização pede ainda o "fim de declarações que infligem feridas em pessoas que já são, por si só, marginalizadas. Declarações que dão margem a discriminação e ao preconceito".

Bento XVI se tornou o primeiro pontífice a renunciar ao cargo. Os motivos alegados para deixar o papado seria o de "idade avançada" e "falta de forças" para continuar a jornada.

fonte: A Capa - Via Mundo Alternativo

Nenhum comentário