Uma Crossdresser Gordinha Complicada e Imperfeita

França aprovou casamento homossexual

O parlamento da França aprovou ontem (23) o projeto de lei que permite o casamento e a adoção de filhos entre os homossexuais. Com a aprovação, o país se torna o 14º do mundo que legaliza o casamento homossexual. Porém a controvérsia sobre o tema continua, mesmo com o término da votação.
http://i2.wp.com/1.bp.blogspot.com/-CaErw33lcj0/ULU8h6uxGCI/AAAAAAAAFhc/4TFo5Ca5QWY/s640/gay-wedding-04.jpg?resize=594%2C441Após um debate que durou 136 horas e 46 minutos no parlamento, o projeto foi submetido à votação. Por 331 votos a favor, 225 contra e dez abstenção, os deputados aprovaram o projeto de lei que tem grande significado para reforma social.
Porém, logo após a votação, os deputados da União por um Movimento Popular (UMP), de centro direita, pediram a suspensão do projeto junto à Comissão de Constituição. Dentro de um mês, a Comissão analisará e julgará o pedido.
Segundo a previsão, os casais homossexuais poderão fazer o registro de casamento a partir de meados de junho, depois que a lei entrar em vigor.

Do CRI - Tradução: Li Jinchuan - Revisão: José Medeiros da Silva
Share:

Japão: Parada gay reúne 3 mil pessoas na capital

Parada Gay Toquio 2013 01Ativistas passaram pelas ruas de Tóquio, neste domingo (28). Ato no Japão recebeu o nome de 'Orgulho do arco-íris de Tóquio'.

Cerca de 3 mil pessoas participaram de parada gay neste domingo (28), em Tóquio, no Japão. Os ativistas realizaram o chamado "Tokyo Rainbow Pride", que significa "orgulho do arco-íris de Tóquio", com a presença de gays lésbicas e simpatizantes pelo bairro de Harajuku.

Parada Gay Toquio 2013 02
Parada Gay Toquio 2013 03
Parada Gay Toquio 2013 04
Do: G1 - Via Mundo Alternativo
Share:

Favela Kombat: Tem transexual 'Mulher Abacaxi' como ring girl

Depois da lutadora Fallon Fox, o MMA agora tem uma nova transexual, mas, desta vez, do lado de fora das grades. Neste sábado, o Favela Kombat irá trazer uma iniciativa inovadora. Uma de suas ring girls será a "Mulher Abacaxi".

Não é a primeira vez que o Favela Kombat inova na escolha das garotas que anunciam os rounds. Na última edição do evento, realizada em março, a participação especial foi da "plus size" MC Carol, que interpreta o hit "Minha Vó Tá Maluca".

 Claudinho Carvalho, que promove o evento, mostrou bastante entusiasmo com o Favela Kombat, que, além de apresentar ring girls diferentes do padrão, ajuda atletas de lugares carentes a conquistar seu espaço.

“Estou cada mais empolgado com o show, porque o resultado está me surpreendendo a cada dia. É um evento simples e muito objetivo, que dá oportunidade para os atletas mostrarem o que treinam e aprendem, quebrando preconceitos”, afirmou.

Do Yahoo

Share:

Casal gay é alvo de rajada de tiros ao sair de casa

Adriano Robson Bueno de Almeida, de 29 anos, morreu na noite desta terça-feira (30) quando saía de casa para comprar pão com o namorado, no bairro Nova Suíça, em Piracicaba (SP). De acordo com depoimentos de testemunhas à Polícia Civil foram diversos tiros contra o veículo do casal, um Volkswagen Santana 1989. A outra vítima, de 18 anos, foi atingida com três balas e fugiu. Ela foi socorrida pela Polícia Militar e levada à Santa Casa em estado grave.
Segundo testemunhas, que pediram para não serem identificadas, houve uma rajada com ao menos 10 tiros. Com medo, ficaram sem sair de casa e só souberam do crime com a chegada da polícia. “Isto nunca aconteceu na região. Sempre foi um bairro calmo. Ouvimos gritos, depois foi um silêncio até a chegada da PM”, contou uma das testemunhas.
http://4.bp.blogspot.com/_avw9hllEuCQ/TRJhHDQE6kI/AAAAAAAAA74/EpE0f-mMlug/s1600/homofobia10.jpg Almeida estava dentro do carro, mas não foi atingido pelas balas. Foi quando criminosos entraram no veículo e esfaquearam a vítima. Apesar de ferido, o rapaz andou por 30 metros, mas não resistiu. A polícia encontrou um revólver calibre 38 com quatro munições e com a numeração raspada no automóvel do casal. A polícia suspeita que a arma utilizada no crime é de calibre 22, já que foram encontradas oito cápsulas próximas ao portão da residência das vítimas.
Casal morava com policial
O casal morava no local há três dias com mais três travestis e uma policial civil. Segundo o boletim de ocorrência, uma outra travesti esteve na área central, onde há pontos de prostituição, acompanhada de um homem em um Gol. Eles pediram informações da nova moradia do rapaz de 18 anos para o trio de travestis que morava na casa com ele.
A travesti que estava no carro namorou o autônomo de 18 anos antes de Almeida, segundo informações do boletim de ocorrência da Polícia Civil. A travesti citada pelas amigas do casal não foi localizada pela polícia até as 16h desta quarta.
Corregedoria da polícia
Já a policial civil que estava na casa, no momento do crime, afirmou à polícia que quando ouviu os disparos se escondeu no interior da residência, pois não sabia o que estava acontecendo e ficou com medo. Ela estava afastada da função. O delegado que atendeu a ocorrência, Carlos Magno Della Coletta, solicitou exame residual das mãos da policial. O delegado de polícia corregedor Eduardo Pinca também esteve no plantão policial, onde a ocorrência foi apresentada.
Coletta esteve no local do crime, com os investigadores do setor de homicídios da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), além de peritos na noite do crime. Foram apreendidos celulares, notebook, R$ 20 em espécie, US$ 7 (dólares norte-americanos), agendas e cadernos que estavam no interior do veículo.
A reportagem do G1 tentou saber o estado de saúde do rapaz de 18 anos nesta quarta-feira (1), mas uma funcionária da Santa Casa de Piracicaba disse que não tem autorização para passar dados da vítima.
Do G1


Share:

Após revelar que é gay, pivô da NBA se surpreende com ligação de Obama

O pivô Jason Collins, que se tornou o primeiro homem gay a assumir a homossexualidade em uma das quatro principais ligas profissionais de esportes dos Estados Unidos, disse que foi surpreendido pela reação positiva.
"É incrível, você apenas tenta viver uma vida honesta e genuína e de repente você tem o presidente te ligando", disse Collins ao programa "Good Morning America", da emissora ABC, nesta terça-feira.
Collins disse que o presidente dos EUA, Barack Obama, foi encorajador na conversa telefônica que tiveram.
"Ele foi extremamente solidário e disse que estava orgulhoso de mim, e que isso não afetaria apenas a minha vida, mas as de outros daqui para frente", afirmou. 
Questionado sobre a dimensão da reação a sua decisão de revelar ser gay, Collins disse: "É um tanto surpreendente... Eu nunca me propus a ser o primeiro."  
O pivô de 34 anos revelou sua sexualidade em um artigo publicado pela revista "Sports Illustrated" na segunda-feira, e disse estar feliz agora que havia feito a revelação.
"Eu sei que eu, agora, estou mais feliz do que já estive em toda minha vida", disse.
Collins atualmente está sem time, depois de atuar por Boston Celtics e Washington Wizards na última temporada regular da NBA, mas disse esperar que futuros companheiros de equipe o recebam bem.
"Espero apoio dos meus companheiros, porque é o que eu faria pelos meus companheiros de equipe. A equipe é como uma família, e a NBA é como uma irmandade, e espero que por isso mesmo nós apoiemos uns aos outros dentro e fora da quadra", disse.
Questionado sobre qual conselho daria a um jovem gay que espera jogar na NBA, Collins disse que ele deveria se concentrar no esporte.
"Não importa se você é gay, mas a questão importante é o basquete. Trata-se de trabalhar duro, de se sacrificar pela sua equipe", disse. 
Share:

Igreja se assemelha a Feliciano, diz padre excomungado

O padre Roberto Francisco Daniel, o padre Beto, de Bauru (SP), disse que, pelo fato de ter sido excomungado, a Igreja Católica tem comportamento que pode ser comparado ao do pastor Marcos Feliciano (PSC-SP), presidente da Comissão dos Direitos Humanos da Câmara dos Deputados, conhecido por suas declarações preconceituosas contra os homossexuais e negros. Daniel foi excomungado pela Igreja depois de postar na internet entrevistas defendendo o relacionamento entre pessoas do mesmo sexo e bissexuais.
"Essa comparação pode ser feita. Acredito que a Igreja, com essa excomunhão, se equipara ao pastor Feliciano, alguém extremamente dogmático e fundamentalista, que está num cargo onde deveria fazer com que os direitos humanos fossem respeitados, mas ao contrário, ele exclui os direitos das pessoas", comentou. Segundo padre Beto, tanto a Igreja Católica quanto Feliciano "deveriam exercer o diálogo e não a exclusão". Para ele, a Igreja foi contra a própria essência do evangelho ao condená-lo por ter defendido os homossexuais.
"A essência do evangelho possui Jesus Cristo como modelo e o evangelho de Jesus Cristo foi exercido com liberdade de expressão e respeito; ele amou as pessoas sem preconceito algum e nunca condenava ou excluía alguém por ser diferente dos outros", disse padre Beto. Segundo o religioso, pelo comportamento da Igreja em relação à sua excomunhão e às declarações de Feliciano, "as pessoas com tendências diferentes dos heterossexuais, como bissexuais e homossexuais, além de serem vistas com preconceito, são consideradas pecadoras".
"Cristo não falou nada sobre sexualidade. As expressões sobre os temas sexuais na bíblia representam a mentalidade de uma época em que as pessoas não tinham condições de analisar a bissexualidade ou a homossexualidade. A ciência evoluiu e a Igreja não pode fechar os olhos para o conhecimento humano, não pode ignorar a realidade da existência de uma diversidade sexual", diz. "A Igreja não pode achar que duas pessoas que se amam, que se respeitam e querem construir um mundo juntos, são pecadoras só porque são do mesmo sexo", completou. Beto diz que vai conversar com um advogado especializado em direito canônico para se defender.
Em nota distribuída nesta terça-feira, 30, pela assessoria do bispado de Bauru (SP), o juiz-instrutor da excomunhão diz que o ato se deu porque padre Beto não obedeceu aos superiores e insistiu em manter um comportamento em desacordo com as regras do sacerdócio. Embora o bispo de Bauru, d. frei Caetano Ferrari, tenha exigido que o padre retirasse da internet os vídeos em que critica a postura da Igreja em relação aos temas sexuais, a nota afirma que o sacerdote não foi excomungado por defender os interesses dos homossexuais porque "isso não é matéria para excomunhão na Igreja". 
Share:

Hostess transexual Bianca Exótica, ganha RG feminino na Justiça

Bianca Exótica, hostess transexual emblemática da noite paulistana, conseguiu na Justiça o direito de mudar seus registros civis e orgulha-se do novo nome: Bianca Soares. “Procurei a OAB de Barueri, onde moro, e me indicaram um advogado. Tive que comprovar que vivo como mulher 24 horas. Aí fui ao cartório e mudei minha certidão de nascimento e outros documentos. Só gastei R$ 250, mas tem gente que tem que desembolsar uns R$ 6 mil”, diz ela, em tom de alerta. Bianca nasceu Edson Soares há 37 anos e, além de dar expediente na porta das boates mais badaladas da capital paulista, é professora de inglês há 20 anos. Costuma ser chamada de ‘teacher’ pelos alunos. “A melhor coisa do mundo é você se adequar ao seu gênero. Já sou Bianca para minha família, meus alunos e amigos e não preciso que uma pessoa estranha me chame em voz alta com o nome masculino para me ridicularizar. É como nascer de novo”, afirma.
O sobrenome de guerra surgiu na década de 90, quando as amigas trans brincavam sobre qual alcunha usar. “Escolhíamos entre as atrizes da TV Globo e eu achava o nome Bianca Byington lindo, daí comecei a ficar famosa e tive que mudar para Exótica”, afirma ela, que ainda não fez a cirurgia de mudança de sexo. “Vou fazer, mas estou indo por partes. Tenho noção que não sou uma mulher e nem um homem. A pessoa não pode levar em consideração meu gênero, mas sim meu caráter, minha índole”, diz ela, filosofando sobre as atuais discussões tão em voga no país. “Antes de Marcos Feliciano, Joelma e Daniela Mercury eu já lutava pela causa sem fazer estardalhaço”. Ela quer se casar, mas reclama do preconceito: “Se um homem me acha bonita, não chega em mim como chegaria numa mulher, mas o faz vulgarmente. Quem me vê na rua pensa que sou cabeleireira ou prostituta e isso é ainda um estereótipo pesado. Tem que acabar!”.


Share:

-

BANNER 728X90

Video Recomendado

-

AD BANNER

Visualizações

About & Social

Sobre este blog

Aqui eu não sou homem ou mulher. Sou um adepto do crossdresing. Sou uma Crossdresser - CD ou CDzinha. Desde os 9 anos, adoro lingeries e roupas sexyes. Levo uma vida normal masculina e tenho uma vida clandestina feminina.

Me proponho aqui a falar um pouco de tudo, em especial das Crossdressers, dos transexuais, dos Travestis e da enorme comunidade
LGBT existente em todo o mundo. Um estilo de vida complicado e confuso (para alguns)... Este espaço também se presta para expor a minha indignação quanto ao ódio e preconceito em geral.

Observo que esse é um blog onde parte do que aqui posto pode ser considerado como orientado sexualmente para adultos, ou seja, material destinado a pessoas maiores de 18 anos. Se você não atingiu ainda 18 anos, ou se este tipo de material ofende você, ou ainda se você está acessando a internet de algum país ou local onde este tipo de material é proibido por lei, NÃO siga 'navegando'.

Sou um Crossdresser {homem>mulher} casada {com mulher - que nada sabe} e não sou um 'pedaço de carne'.

Para aqueles que eventualmente perguntam sobre o porque do termo 'Crossdresser GG', eu informo que lógico que o termo trata das minhas medidas. Ja que de fato visto 'GG'. Entretanto alcunhei que 'GG' de Grande e Gorda, afinal minhas medidas numéricas femininas para Blusas, camisetas e vestidos são tamanho: 50 e Calças, bermudas, shorts e saias são tamanho: 50.

Entre em contato comigo!

Nome

E-mail *

Mensagem *

busque no blog

Arquivo do blog

TROCA DE LINKS

Apoio ao Crossdresser
Universo Crossdress
Márcia Tirésias
Club Cross
Fórum Crossdressing Place
Jornalismo Trans - Neto Lucon
Kannel Art
Noite Rainha Cross
Diário de uma Crossdresser

Gospel LGBT
Dom Monteiro - Contos do Dom
La nueva chica del bairro
Ravens Ladies
Travestismo Heterosexual

CROSSDRESSER
Nathasha b'Fly
Veronica Mendes
Camilinha Lafert
Kamila Cross BH
Sophia Mel Cdzinha

DANYELA CROSSDRESSER
Duda CD
Bruninha Loira sapeka
Cross Gatas
Klesia cd
Renata Loren
Coroa CD
Suzan Crossdresser
Érika Diniz
CDZINHA EXIBICIONISTA
Aninha CDzinha
Camila Praz
CD VALDETTY
CD Paty
Cdzinha Moranguinho
Jaqueline CD
Paty Cdzinha

Contos Eróticos da Casa da Maitê
Elite Transex

Mais

Mais vistos na ultima semana

Tags

Postagens mais visitadas há um ano

Postagem em destaque

Renata Montezine arrasando como sempre

Renata Albuquerque Montezine é atualmente uma das mulheres trans, de maior sucesso no país. Já foi modelo plus size, sendo a primeira...

Pages