Header Ads

Crossdressing - Você sabe o que é?

Com origem nos Estados Unidos, o termo Crossdressing - vestir-se ao contrário - ou como é conhecido "CD", se refere a um vasto grupo de pessoas tanto do gênero masculino como do feminino que utilizam roupas do sexo oposto, mas não são necessariamente homossexuais.
Um exemplo é do cartunista Laerte Coutinho, que é um profissional de muita importância em sua área, conhecido e admirado pelo seu trabalho como "Manual do Minotauro, Muchacha, Piratas do Tietê, Los Três Amigos, Strip Tiras". Em 2009 foi quando ele começou a ser visto publicamente vestido como mulher e em 2012 tornou-se co-fundador da ABRAT - Associação Brasileira de Transgêneros.
O BCC (Brazilian Crossdresser Club) é o primeiro clube de Crossdressing que surgiu no Brasil e, por motivos de precaução, são realizadas algumas medidas de segurança a fim de viabilizar a seriedade dos afiliados, que têm a identidade preservada.
Para ajudar a esclarecer este assunto, Yahoo conversou com a psicóloga clínica Karlesy Stamm:
1. Como definir um Crossdressing?
A pessoa Crossdresser faz parte do universo transgênero, mas não deseja realizar alterações em seu corpo, tais como terapia hormonal e/ou realização de cirurgias feminilizantes ou masculinizantes. Podem ser definidos como um comportamento de uso esporádico de roupas, acessórios e maquiagem, pertencentes ao gênero oposto do nascimento. Seriam homens que, por exemplo, sentem-se bem em utilizar roupas femininas em alguns dias da semana, com o objetivo de completude e empoderamento de sua autoestima enquanto sujeito.
http://1.bp.blogspot.com/-GNBel5Hrkyg/TyR2rn_utpI/AAAAAAAAI5w/EINtYcSSOS0/s1600/laerte-coutinho.jpg
2. Quais são os maiores conflitos apresentados por essas pessoas?
Os maiores conflitos podem estar relacionados ao preconceito internalizado. Ou seja, pessoas que sentem o desejo de expressar este comportamento, mas têm dificuldade em se aceitar e entender esta atitude como algo simples e natural. Atualmente, com a facilidade de acesso a informações na internet, qualquer pessoa é "bombardeada" tanto por conceitos corretos, quanto por errôneos e equivocados.

http://1.bp.blogspot.com/-gqax1VParJs/UKQnefQsCMI/AAAAAAAAAJI/x8k6HyuXRU4/s1600/Emma+Starrynowhere.jpg3. Normalmente começa a partir de qual idade?
Quanto à temporalidade do comportamento de crossdressing, é comum que desejos estejam presentes desde a infância. No entanto, esta é uma questão muito particular para cada caso. Existem aqueles indivíduos que podem reprimir esta vontade uma vida toda e só conseguem expressar sua real identidade na fase adulta. Assim como são encontradas pessoas crossdressers muito bem resolvidas com sua condição, que sempre tiveram a liberdade de expressar esta questão e sentem-se livres em existir como são.
A fim de conhecer na prática como isso acontece, conversamos com o engenheiro L. , que faz parte do BCC.
• Como foi a primeira vez que você se vestiu como mulher?
Foi no Le Closet - apartamento alugado para realizar encontros entre os "CDs"-, me "montei" como uma mulher e a emoção foi muito grande. Afinal, precisa ser muito macho para ser hétero e sair de mulher.
De todos os esportes radicais que já pratiquei - como pular de paraquedas - sair pela primeira vez vestido como uma mulher foi sem dúvida a situação que mais liberou adrenalina.
http://webzoom.freewebs.com/crossdressstudio/photos/Angie-Ng-wild-girl-30Jan2010--Studio/angie%20crossdresser%2030jan10%20studio_029_resize%20e1%20cds.jpg• Você se define gay, bissexual ou heterossexual?
Sou heterossexual, já me casei por três vezes e tenho quatro filhos que me deram quatro netos. Eu até posso colocar uma meia-calça para sair, mas eu não sou gay, e também não sou menos heterossexual, minha vida é essa e sou feliz.
• Como normalmente você é abordado pelos homens?
Quando saio vestido como uma mulher, normalmente tem situações que me irritam, pois acontecem assédios pelos homens que me confundem com travesti, e eu tenho que explicar "engrossando a voz muito mais que o normal" para deixar bem claro que eu não gosto de homem.

2 comentários

AlexiaSantos Vip disse...

Olá, parabéns pela matéria adorei muito bem explicado os termos. O importante e estar feliz e de bem com a vida. bjkas a todas. Xau

Katia Steelman Walker disse...

Agradeço pelo comentário...