Header Ads

Ciência comprova que igualdade de gênero existiu na pré-história

m estudo científico publicado na prestigiada revista Nature mostra que o homem das cavernas não era tão primitivo assim. No começo da civilização humana (mais conhecida como pré-história), existia igualdade de gênero.
Durante o período paleolítico, as pessoas se organizavam em tribos de coletores e caçadores e homens e mulheres tinham a mesma influência sobre as decisões dos grupos. “Existe uma percepção geral de que os coletores e caçadores eram mais machos ou dominados por machos. Nós afirmamos que foi apenas com o advento da agricultura, quando as pessoas puderam começar a acumular recursos, que surgiu a desigualdade”, disse ao jornal britânico The Guardian Mark Dyble, antropólogo que liderou o estudo na University College London. Segundo o especialista, a igualdade entre os sexos pode ser um dos importantes fatores que nos diferencia dos nossos parentes primatas. “Chipanzés vivem em sociedades bastante agressivas, dominadas por homens e com hierarquias claras”.
Os cientistas analisaram dados de duas populações de caçadores e coletores, um no Congo e outro nas Filipinas, que viviam em grupos de 20 pessoas, mudavam de lugar a cada dez dias e viviam de caça, peixe e frutas, vegetais e mel. Nas Filipinas, por exemplo, as mulheres caçavam e eram responsáveis por coletar o mel, e os homens atuavam significativamente no cuidado das crianças.
Parece uma grande descoberta, mas na verdade é apenas uma prova científica do que teóricos falam há bastante tempo. O filósofo Jean Jacques Rousseau (1712-1778) refletia sobre a oposição entre natureza e sociedade e o possível equilíbrio entre as necessidades básicas do ser humano com as do meio físico. Para ele, a origem dos males da civilização, como a desigualdade, estava no aparecimento da propriedade privada, que produzia uma forma de conduta moral degenerada das pessoas, com sentimentos como o egoísmo e o desejo de posse.
Já a escritora e filósofa Simone de Beauvoir defendeu em seu livro O Segundo Sexo que a hierarquização dos sexos é uma construção social, não uma questão de biologia. Para ela, a condição da mulher na sociedade é uma construção da sociedade patriarcal, que teve início com o surgimento da propriedade privada. Ou seja, quando alguém lhe falar que as mulheres são biologicamente diferentes dos homens e por isso recebem salários menores ou estão em desvantagem em qualquer área, você pode desmentir a informação com pesquisas científicas. De nada!


Nenhum comentário