Header Ads

Bianka Gonçalves, de 22 anos, foi morta a tiros durante assalto em ponto de prostituição em Mato Grosso

Uma travesti de 22 anos foi assassinada a tiros na madrugada desta sexta-feira (7) na cidade de Primavera do Leste, a 239 km de Cuiabá. Segundo a Polícia Civil, a vítima trabalhava com outras travestis em um ponto de prostituição, perto da feira municipal, quando foi vítima de um suposto assalto e acabou morta. Nenhum suspeito foi preso ou identificado até o momento.
A travesti foi identificada como Walisson Denis de Carvalho Gonçalves, mas usava o nome de Bianka Gonçalves. De acordo com as informações recebidas pela polícia, a vítima tinha chegado recentemente na cidade, há apenas três dias. O local do crime fica às margens da MT-130.

“Esse local é um ponto de prostituição, elas [as travestis] ficam espalhados em alguns quarteirões. As outras travestis não levam bolsas ou pertences para os programas pois sabem que correm risco de sofrerem assalto. Como esse rapaz era novato, ele tinha levado os objetos pessoais [para o local]”, explicou o delegado Rafael Diniz.

A polícia ainda não sabe se a travesti teria entrado em algum carro ou apenas foi abordada pelos criminosos. “Estamos procurando imagens [de câmeras de segurança] que poderiam ter registrado a ação. A princípio ele levou entre dois a três disparos e teve todos os pertences, documentos pessoais, bolsa, dinheiro e celular levados”, disse o delegado.
Conforme o delegado, algumas testemunhas devem ser ouvidas para tentar ajudar na investigação do crime. O corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML).

Do G1

Nenhum comentário