Uma Crossdresser Gordinha Complicada e Imperfeita

13 mulheres que nasceram homens e você jamais saberia

E não adianta fazer essa cara de susto! Como você vai ver na lista, todas elas são maravilhosas e, com certeza, você jamais desconfiariam que se tratam transexuais, de mulheres que nasceram homens e que, um belo dia, descobriram que queriam ter um corpo tão feminino quanto suas almas.

Loiras, morenas, altas, com corpos esculturais e extremamente bonitas. Essa são algumas das características mais marcantes dessas mulheres que nasceram homens, mas que de masculino não têm nada.

Aliás, na lista que montamos e disponibilizamos abaixo, existe até uma dessas mulheres que nasceram homens e que, ficou tão indistinguível depois de sua transformação que chegou a ser candidata em um concurso comum de beleza, o Miss Canadá, em 2012.

Impressionante, não? Mais impressionante ainda é a coragem dessas pessoas, que não tiveram medo de enfrentar o mundo inteiro e a opinião das pessoas para correr atrás de seus ideais.

Conheça algumas mulheres que nasceram homens e você jamais desconfiaria:

 
Em 2010, aos 25 anos, Carmen se inscreveu e foi selecionada para participar do reality show RuPaul's Drag Race, programa que elege a melhor drag queen dos Estados Unidos. 

Apesar de não chegar até a final, disputou a atenção com a vencedora graças a sua sensualidade e talento no palco: ganhou mais de 66 mil seguidores no Twitter, 90 mil no Instagram e 215 mil no Facebook, sem contar as menções em programas de TV, rádio, jornais, revistas e sites. Mas Carmen queria mais. Ela queria um corpo feminino

Então, assim que as gravações do programa terminaram, consultou um médico e passou a tomar hormônios.


 
Thalita passou pela cirurgia de redesignação sexual com apenas 18 anos de idade. Ela ficou em evidência no Brasil depois que foi protagonista de um escândalo com Romário.

Na ocasião a coluna "Retratos da Vida", do jornal Extra, flagrou Romário saindo de uma casa de show no Rio ao lado de uma bela morena, identificada como a modelo transexual Thalita Zampirolli, capixaba de 25 anos, que nasceu com o nome de Julio Campos.

Ao ser questionado sobre a imagem, o atual deputado federal disse que "gosta de mulher". A polêmica serviu para dar a Thalita seus 20 minutos de fama. 



Essa é mais uma das mulheres que nasceram homens nessa lista. Valentijn hoje tem 21 anos, é holandesa e participou de um documentário, há alguns anos, que relatava a vida de crianças com problemas de identidade de gênero.

A holandesa já desfilou para marcas como Mansion Martin Margiela e Comme des Garçons e acabou de estrelar a campanha da & Other Stories em que apenas pessoas transexuais trabalharam.

Além da carreira de modelo, Valentijn também é escritora, dj e performista. E ela até já deu uma palestra para o TED sobre mulheres transexuais.


 
Embora viva no Canadá, Amelia é uma das mulheres que nasceram homens. Seu País de origem é Bangladesh, mas sua situação não foi bem recebida por ninguém, forçando Amelia a mudar de País. 

Na América do Norte, há anos, ela faz tratamento hormonal e, embora ainda não tenha feito a cirurgia de mudança de sexo, Amelia se relaciona normalmente com homens.

Ela, inclusive, mora com o namorado.



 
Ela nasceu como Arthur Scott em 11 de janeiro de 1988, em Manhattan, Nova York, mas cresceu em Nova Orleans Lousiana. Em tenra idade, Scott reconheceu que sua personalidade não se encaixava no corpo masculino com o qual ela nasceu. Como resultado, ela disse a sua família que não queria mais ser homem. Sem as bênçãos de seus pais, Scott foi submetido a uma cirurgia transgênero parcial aos 15 anos de idade e totalmente transferido para uma mulher aos 17 anos de idade.

Além de modelo ela é atriz e atua na série "Real Housewives of Atlanta". Seu papel mais proeminente ainda é o de Cotton na série de drama musical criada por Lee Daniels, que vai ao ar na Fox. O papel em que ela interpreta uma mulher transexual lhe deu muita visibilidade. Scott é o terceira transexual a interpretar um personagem trans em uma série dramática de TV americana.

 

 
Isis é modelo e designer americana e foi a primeira transexual a participar do reality show America’s Next Top Model. 

Quando foi ao programa de Tyra Banks (entrevistadora) para falar sobre a mudança de sexo feita e novembro de 2008 e acabou sendo surpreendida com um pedido de casamento de seu namorado, Desmond.

O casal se conheceu através do MySpace. Sobre a cirurgia, Isis diz que se sente muito mais confiante depois da intervenção. Hoje em dia, ela é uma das mulheres que nasceram homens mais famosas da TV dos Estados Unidos.



 
Outra das mulheres que nasceram homens e que mudaram isso em algum momento da vida é a modelo Ines Rau. Se na moda as modelos transgênero têm ganhado cada mais representatividade, Ines Rau é uma das razões. A francesa de 26 anos é a primeira playmate trans da história da revista erótica, estampando o ensaio principal da edição de novembro/dezembro de 2014.  

Sobre sua primeira aparição na Playboy, Rau afirmou que foi sua forma de “comemorar seu coming out” e que o trabalho certamente abriu as portas para que ela entrasse de vez na carreira de modelo. “Eu me arrisquei e assinei com uma agência”, contou a modelo - que também já trabalhou com marcas como Balmain - à revista. “Eu espero poder abrir caminho para todas as mulheres – trans ou não – na moda e em outros setores”, contou Rau em entrevista recente à Thomson-Reuters. Ela também chegou a contar sobre sua transformação e sua condição transexual em uma entrevista na revista OBB.



 
Jenna Talackova nasceu em Vancouver e começou a fazer tratamento com hormônios aos 14 anos, idade em que colocou próteses de silicone. A canadense se submeteu a uma cirurgia de mudança de sexo em 2010. E fez questão de deixar claro, no programa, que agora tem órgãos femininos e pode ter relações sexuais com homens normalmente. A canadense virou notícia em todo o mundo ao ser desclassificada do concurso em março, depois que os jurados descobriram que ela era transexual. Jenna ganhou o direito de voltar ao Miss Canadá, depois de uma mobilização na internet.

Jenna tem carteira de habilitação, identidade e passaporte do sexo feminino. Na entrevista, ela disse que as outras concorrentes do Miss Canadá foram muito atenciosas no período em que esteve fora do concurso. As candidatas mandaram mensagens e e-mails encorajando Jenna a participar do Miss Canadá.


9. Lea T
 
Outra das mulheres que nasceram homens nessa lista é a modelo brasileira Lea T. Lea T, nome artístico de Leandra Medeiros Cerezo (Belo Horizonte, 19 de fevereiro de 1980), é uma estilista e modelo transexual brasileira que tornou-se famosa na Europa como uma das estrelas de uma campanha da grife francesa Givenchy, em 2010, e por causa de um ensaio fotográfico nu para a edição de agosto de 2010 da revista francesa Vogue.A incursão de Lea no mundo da moda ocorreu após ela conseguir um emprego como modelo através do amigo estilista Riccardo Tisci, época em que ela passou a morar, trabalhar e fazer faculdade de veterinária em Milão, na Itália. Ja foi entrevistada por Oprah Winfrey no talk show "The Oprah Winfrey Show".

Em fevereiro de 2015, foi eleita pela revista americana Forbes uma das 12 mulheres que mudaram a moda italiana. A modelo integra lista ao lado de nomes como Miuccia Prada, Anna Dello Russo e Franca Sozzani.

 
Acredite ou não, essa é mais uma das mulheres que nasceram homens. Candis Cayne nasceu como Brendan McDaniel em 1971 em Maui, no Havaí. Ela tem um irmão gêmeo fraterno chamado Dylan. Seus pais ensinavam em uma escola Waldorf e a família morava no campus.

Ela se formou na Baldwin High School de Maui em 1989 e depois passou um ano em Los Angeles, onde ela estudou canto, dança e artes cênicas.

Cayne então mudou-se para Nova York no início dos anos 90, tornando-se conhecida como coreógrafa e bailarina. Candis é atriz e já apareceu em inúmeras séries de TV, como DSM, Nip/Tuck, dentre outras.



Fiona é o mais jovem da sua família e teve de aprender a viver sem amor de mãe em uma idade muito precoce, quando o cancro da mama interrompeu a vida de sua amada mãe e seu pai que teve de se  tornar em pai e mãe para a família. Por mais difícil que fosse, ela teve que deixar a dor para trás e criar uma vida da qual sua mãe teria ficado orgulhoso. Aos 12 anos Fiona saiu de casa para encontrar um emprego para que pudesse ganhar o suficiente para pagar por seus estudos do ensino médio, e seis anos mais tarde, depois de muito esforço e determinação, ela se formou no colegial e saiu para o mundo. Fiona pode não ter crescido com muitas coisas materiais na vida, enquanto ela estava crescendo, mas isso foi feito para o amor e determinação que aprendeu com seu pai.
A busca pela beleza e da crença no poder da mudança é também por isso que Fiona começou a entrar em concursos de beleza transgêneros quando ela tinha apenas dez anos quando ela ganhou o título de Little Miss Transgender.
Aos 26 anos, Fiona é famosa nas Filipinas, seu País de origem, onde participa de inúmeros programas de TV, comerciais e revistas. Ela também faz parte de nossa lista com mulheres que nasceram homens e você nem desconfiaria.

12 Isabella Santiago
 
Isabella Santiago realmente nasceu com o nome de Santiago Creiban mas não estava feliz com a decisão da natureza, então com 16 anos, decidiu iniciar um processo de mudança para se tornar uma mulher.

Tão bem sucedido foi essa transformação que conseguiu ser coroada Miss Rainha Internacional na Tailândia, em Novembro de 2014.









Nong Poy nasceu na Tailândia em
nasceu em 05 de outubro de 1986, como uma criança, Treechada sabia que ela era uma menina, mas na frente de seus pais, ela tinha que fingir e viver como um homem. 

Ela se sentia enojada com seus órgãos genitais “masculinos”, então com a idade de 17 anos, ela passou por uma cirurgia de mudança de sexo e, desde então, ela disse que ela se sente como se ela tivesse renascida. Ela não fez qualquer operação para corrigir o seu rosto.
 




Do Blog Peloamordedeus e Natureza da Vida - Texto adicional Katia Steelman

Share:

Nenhum comentário:

-

BANNER 728X90

Video Recomendado

-

AD BANNER

Visualizações

About & Social

Sobre este blog

Aqui eu não sou homem ou mulher. Sou um adepto do crossdresing. Sou uma Crossdresser - CD ou CDzinha. Desde os 9 anos, adoro lingeries e roupas sexyes. Levo uma vida normal masculina e tenho uma vida clandestina feminina.

Me proponho aqui a falar um pouco de tudo, em especial das Crossdressers, dos transexuais, dos Travestis e da enorme comunidade
LGBT existente em todo o mundo. Um estilo de vida complicado e confuso (para alguns)... Este espaço também se presta para expor a minha indignação quanto ao ódio e preconceito em geral.

Observo que esse é um blog onde parte do que aqui posto pode ser considerado como orientado sexualmente para adultos, ou seja, material destinado a pessoas maiores de 18 anos. Se você não atingiu ainda 18 anos, ou se este tipo de material ofende você, ou ainda se você está acessando a internet de algum país ou local onde este tipo de material é proibido por lei, NÃO siga 'navegando'.

Sou um Crossdresser {homem>mulher} casada {com mulher - que nada sabe} e não sou um 'pedaço de carne'.

Para aqueles que eventualmente perguntam sobre o porque do termo 'Crossdresser GG', eu informo que lógico que o termo trata das minhas medidas. Ja que de fato visto 'GG'. Entretanto alcunhei que 'GG' de Grande e Gorda, afinal minhas medidas numéricas femininas para Blusas, camisetas e vestidos são tamanho: 50 e Calças, bermudas, shorts e saias são tamanho: 50.

Entre em contato comigo!

Nome

E-mail *

Mensagem *

busque no blog

Arquivo do blog

TROCA DE LINKS

Apoio ao Crossdresser
Universo Crossdress
Márcia Tirésias
Club Cross
Fórum Crossdressing Place
Jornalismo Trans - Neto Lucon
Kannel Art
Noite Rainha Cross
Diário de uma Crossdresser

Gospel LGBT
Dom Monteiro - Contos do Dom
La nueva chica del bairro
Ravens Ladies
Travestismo Heterosexual

CROSSDRESSER
Nathasha b'Fly
Veronica Mendes
Camilinha Lafert
Kamila Cross BH
Sophia Mel Cdzinha

DANYELA CROSSDRESSER
Duda CD
Bruninha Loira sapeka
Cross Gatas
Klesia cd
Renata Loren
Coroa CD
Suzan Crossdresser
Érika Diniz
CDZINHA EXIBICIONISTA
Aninha CDzinha
Camila Praz
CD VALDETTY
CD Paty
Cdzinha Moranguinho
Jaqueline CD
Paty Cdzinha

Contos Eróticos da Casa da Maitê
Elite Transex

Mais

Mais vistos na ultima semana

Tags

Postagens mais visitadas há um ano

Postagem em destaque

Renata Montezine arrasando como sempre

Renata Albuquerque Montezine é atualmente uma das mulheres trans, de maior sucesso no país. Já foi modelo plus size, sendo a primeira...

Pages