Uma Crossdresser Gordinha Complicada e Imperfeita

Renata Montezine arrasando como sempre


Renata Albuquerque Montezine é atualmente uma das mulheres trans, de maior sucesso no país. Já foi modelo plus size, sendo a primeira plus size de origem trans a ganhar notoriedade e agora ela conversa um pouco com o Top RG.
Top RG - Você nasceu em que cidade? Com quem vive atualmente?  Renata Montezine - Nasci em Francisco Morato, na Grande São Paulo e moro com meus pais.
TR - Hoje você trabalha.com moda e no setor de beleza?  RM - Sim, trabalho com moda, atualmente como modelo curve.
TR - Como chegou ao Fashion Weekend Plus Size (FWPS) pela primeira vez? E como foi este recomeço no concurso na primeira edição deste ano?  RM - Cheguei através da Renata Poskus, ela que me abriu as portas para o mundo da moda. Percebi nesta época que jamais seria uma modelo magra de manequim 36, sempre serei uma mulher com curvas, e hoje não sou uma plus size e sim uma modelo curve. 
TR - Você esperava o sucesso que fez desfilando no FWPS?  RM - Não esperava tamanho sucesso, pensei que seria apenas uma participação no evento, mas vários trabalhos e entrevistas apareceram pós desfiles.

TR - Como é desfilar? Dá medo? A plateia assusta?  RM - A primeira vez fiquei com um "friozinho na barriga", devido todos te olharam naquele momento, você se torna o centro das atenções (a roupa também), mas estou bem acostumada e adoro.
TR - As mulheres.mentem que são felizes quando gordas?  RM - É relativo, pois tem mulheres que são gordinhas mas não se aceitam, já tem outras que estão felizes com o corpo (plus) que possuem. 
TR - O que tem feito para manter seu corpo?  RM - Muita malhação, academia diariamente, fazendo dieta. Minha alimentação se tornou saudável e jamais tomaria remédios para emagrecer.
TR - Quanto emagreceu neste período?  RM - Emagreci 30 quilos neste período, uso atualmente manequim 42, 44 e ainda estou em um processo de emagrecimento, mas tudo ao seu tempo.

TR - Você como uma mulher trans, já avisa para uma possível paquera, que é trans ou deixa ele descobrir no momento certo?  RM - Vou conversando com a pessoa e se eu sentir que a mesma possui interesse sério por mim, eu vou naturalmente dizer que sou uma mulher transexual. Não fico me prendendo a essas coisas pequenas, jamais sairia com alguém escondido. Quer ser meu namorado, vai ter que mostrar para o "mundo". Não sou nenhum monstro, nenhum bicho para me esconder.

TR - As mulheres trans vão dominar o mundo?  RM - Acredito que sim, não só as mulheres trans, mas também as cisgêneros, pois só o poder de dar a luz, faz de qualquer mulher uma heroína, que pode o que quiser. A mulher só depende dela própria, de sexo frágil a mulher não tem nada. Voltando sobre as mulheres trans, também são lutadoras, batalhadoras, e a aceitação virá no momento certo, não daqui um, dois anos, mas em alguns anos virá, e "vão ter que nos engolir".
TR - Seus.contatos para trabalhos futuros...  RM - Segue meu e-mail renatamontezine@gmail.com e o Instagram: @renatamontezine. Quero mandar um beijo para todas as pessoas que me acompanham, que fazem a diferença para mim e que me tratam com tanto carinho.

Do Gazeta da Semana - por Renato Galvão



 
Share:

Nenhum comentário:

-

BANNER 728X90

Video Recomendado

-

AD BANNER

Visualizações

About & Social

Sobre este blog

Aqui eu não sou homem ou mulher. Sou um adepto do crossdresing. Sou uma Crossdresser - CD ou CDzinha. Desde os 9 anos, adoro lingeries e roupas sexyes. Levo uma vida normal masculina e tenho uma vida clandestina feminina.

Me proponho aqui a falar um pouco de tudo, em especial das Crossdressers, dos transexuais, dos Travestis e da enorme comunidade
LGBT existente em todo o mundo. Um estilo de vida complicado e confuso (para alguns)... Este espaço também se presta para expor a minha indignação quanto ao ódio e preconceito em geral.

Observo que esse é um blog onde parte do que aqui posto pode ser considerado como orientado sexualmente para adultos, ou seja, material destinado a pessoas maiores de 18 anos. Se você não atingiu ainda 18 anos, ou se este tipo de material ofende você, ou ainda se você está acessando a internet de algum país ou local onde este tipo de material é proibido por lei, NÃO siga 'navegando'.

Sou um Crossdresser {homem>mulher} casada {com mulher - que nada sabe} e não sou um 'pedaço de carne'.

Para aqueles que eventualmente perguntam sobre o porque do termo 'Crossdresser GG', eu informo que lógico que o termo trata das minhas medidas. Ja que de fato visto 'GG'. Entretanto alcunhei que 'GG' de Grande e Gorda, afinal minhas medidas numéricas femininas para Blusas, camisetas e vestidos são tamanho: 50 e Calças, bermudas, shorts e saias são tamanho: 50.

Entre em contato comigo!

Nome

E-mail *

Mensagem *

busque no blog

Arquivo do blog

TROCA DE LINKS

Apoio ao Crossdresser
Universo Crossdress
Márcia Tirésias
Club Cross
Fórum Crossdressing Place
Jornalismo Trans - Neto Lucon
Kannel Art
Noite Rainha Cross
Diário de uma Crossdresser

Gospel LGBT
Dom Monteiro - Contos do Dom
La nueva chica del bairro
Ravens Ladies
Travestismo Heterosexual

CROSSDRESSER
Nathasha b'Fly
Veronica Mendes
Camilinha Lafert
Kamila Cross BH
Sophia Mel Cdzinha

DANYELA CROSSDRESSER
Duda CD
Bruninha Loira sapeka
Cross Gatas
Klesia cd
Renata Loren
Coroa CD
Suzan Crossdresser
Érika Diniz
CDZINHA EXIBICIONISTA
Aninha CDzinha
Camila Praz
CD VALDETTY
CD Paty
Cdzinha Moranguinho
Jaqueline CD
Paty Cdzinha

Contos Eróticos da Casa da Maitê
Elite Transex

Mais

Mais vistos na ultima semana

Tags

Postagens mais visitadas há um ano

Postagem em destaque

Renata Montezine arrasando como sempre

Renata Albuquerque Montezine é atualmente uma das mulheres trans, de maior sucesso no país. Já foi modelo plus size, sendo a primeira...

Pages