Uma Crossdresser Gordinha Complicada e Imperfeita

Reflexão e Desabafos: Como Sentir-se Plena no Crossdresing


Desde muito nova eu tinha a obsessão de sentir-me o mais feminina possível e isto me forçou a experimentar de tudo no universo feminino. Muito não me era conveniente, a outras coisas simplesmente não me adaptei, enfim, foi uma longa jornada até descobrir que calcinha me deixava mais sexy de forma confortável de modo a poder usar o dia ou a noite toda, que tipo de calçado eu teria mais confiança no caminhar, que estilo de maquiagem eu conseguiria fazer sozinha.

Enfim, tudo isso aprendi, mas de repente eu percebi que era expert em uma série de coisas, mas não estava feliz comigo mesma. Eu olhava para o espelho e via uma mulher hiper bem maquiada, com uma roupa super sexy, certamente desejável pelos homens, mas aquilo não me dava alegria. Eu simplesmente não me sentia plena, no real sentido da palavra plenitude, e o sintoma maior disso: eu não sorria.

O sorriso nada mais é do que a maneira como nosso eu interior expressa sua alegria no mundo exterior. Obviamente que eu sorria para as fotos, mas se estivesse em frente ao espelho e de repente olhasse meu reflexo, veria uma mulher carrancuda me olhando de volta. A perfeição não me agradava mais. E eu me sentia em um beco sem saída, como muitas de nós, crossdressers, já se sentiram e nesse instante chegaram a pensar em parar de se montar.

Algum tempo depois, refletindo sobre isso cheguei a uma conclusão simples: bastaria eu viver o crossdressing em vez de viver o processo de elaboração de minha figura feminina para ser feliz de novo. Em vez de me matar assistindo vídeos e mais vídeos de maquiagem, por que não me permitir errar e acertar por mim mesma? Em vez de ter o vestido perfeito para sair à noite anônima, por que não usar um par de botas e um shortinho para me sentir a mais puta e desejar atrair os olhares de reprovação e desejo? 

Então, finalmente, eu aprendi que no crossdressing, se for para ser feliz, vale a máxima "menos é mais".
Katrina Ivanovna

Do Facebook  - BCS: Brazilian Crossdressers Society
Share:

Nenhum comentário:

-

BANNER 728X90

Video Recomendado

-

AD BANNER

Visualizações

About & Social

Sobre este blog

Aqui eu não sou homem ou mulher. Sou um adepto do crossdresing. Sou uma Crossdresser - CD ou CDzinha. Desde os 9 anos, adoro lingeries e roupas sexyes. Levo uma vida normal masculina e tenho uma vida clandestina feminina.

Me proponho aqui a falar um pouco de tudo, em especial das Crossdressers, dos transexuais, dos Travestis e da enorme comunidade
LGBT existente em todo o mundo. Um estilo de vida complicado e confuso (para alguns)... Este espaço também se presta para expor a minha indignação quanto ao ódio e preconceito em geral.

Observo que esse é um blog onde parte do que aqui posto pode ser considerado como orientado sexualmente para adultos, ou seja, material destinado a pessoas maiores de 18 anos. Se você não atingiu ainda 18 anos, ou se este tipo de material ofende você, ou ainda se você está acessando a internet de algum país ou local onde este tipo de material é proibido por lei, NÃO siga 'navegando'.

Sou um Crossdresser {homem>mulher} casada {com mulher - que nada sabe} e não sou um 'pedaço de carne'.

Para aqueles que eventualmente perguntam sobre o porque do termo 'Crossdresser GG', eu informo que lógico que o termo trata das minhas medidas. Ja que de fato visto 'GG'. Entretanto alcunhei que 'GG' de Grande e Gorda, afinal minhas medidas numéricas femininas para Blusas, camisetas e vestidos são tamanho: 50 e Calças, bermudas, shorts e saias são tamanho: 50.

Entre em contato comigo!

Nome

E-mail *

Mensagem *

busque no blog

Arquivo do blog

TROCA DE LINKS

Apoio ao Crossdresser
Universo Crossdress
Márcia Tirésias
Club Cross
Fórum Crossdressing Place
Jornalismo Trans - Neto Lucon
Kannel Art
Noite Rainha Cross
Diário de uma Crossdresser

Gospel LGBT
Dom Monteiro - Contos do Dom
La nueva chica del bairro
Ravens Ladies
Travestismo Heterosexual

CROSSDRESSER
Nathasha b'Fly
Veronica Mendes
Camilinha Lafert
Kamila Cross BH
Sophia Mel Cdzinha

DANYELA CROSSDRESSER
Duda CD
Bruninha Loira sapeka
Cross Gatas
Klesia cd
Renata Loren
Coroa CD
Suzan Crossdresser
Érika Diniz
CDZINHA EXIBICIONISTA
Aninha CDzinha
Camila Praz
CD VALDETTY
CD Paty
Cdzinha Moranguinho
Jaqueline CD
Paty Cdzinha

Contos Eróticos da Casa da Maitê
Elite Transex

Mais

Mais vistos na ultima semana

Tags

Postagens mais visitadas há um ano

Postagem em destaque

Renata Montezine arrasando como sempre

Renata Albuquerque Montezine é atualmente uma das mulheres trans, de maior sucesso no país. Já foi modelo plus size, sendo a primeira...

Pages