Uma Crossdresser Gordinha Complicada e Imperfeita

Mostrando postagens com marcador drag queen. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador drag queen. Mostrar todas as postagens

Qual a diferença entre drag queen, travesti e transgênero?

1) TRANSGÊNERO
É o indivíduo que não se identifica com o gênero assinalado no seu nascimento.

Em determinados contextos, a palavra pode ser sinônima de transexual ou ainda englobar uma série de outras identidades, como não binário (que não é exclusivamente homem ou mulher) e agênero (sem gênero). 

Muitas pessoas transgêneras buscam procedimentos médicos e estéticos, como a cirurgia de readequação sexual e a terapia hormonal, para adequar o corpo ao gênero ao qual pertencem. Mas elas podem ser consideradas transgêneras mesmo antes de passar por esses processos. Também é comum que adotem outro nome e lutem para incluí-lo em seus documentos.
 
2) DRAG QUEEN
É um(a) artista que usa roupas e elementos como peruca e maquiagem, frequentemente do gênero oposto, para fins de entretenimento. Não tem nada a ver com identidade de gênero ou orientação sexual: qualquer pessoa, homo, hétero ou bissexual, cis ou transgênera, pode ser uma drag queen (ou drag king, como são chamadas as mulheres com personagens masculinos).

A palavra provém do polari, um dialeto inglês do século 19, que mais tarde passou a ser usado pela comunidade LGBT. Há quem diga que “drag” é um acrônimo para “dressed as a girl” (“vestido como uma garota”), supostamente presente em roteiros de teatro antigos, para orientar o diretor da peça.
 
3) TRAVESTI
É uma das várias identidades possíveis dentro do grupo de transgêneros. É comum associarem o termo à mulher transexual que não fez a cirurgia de readequação sexual, mas essa é uma percepção equivocada, já que não são os genitais que definem o gênero. A decisão de se reconhecer travesti (ou transexual) cabe à própria pessoa. A falta de oportunidade e a marginalização social desse grupo, muitas vezes, fazem com que ele seja associado à prostituição, embora as travestis estejam cada vez mais presentes no mercado de trabalho formal e no ensino superior.

Em 2017, 445 brasileiros LGBTs foram assassinados no país – ou seja, um a cada 19 horas. É um aumento de 30% em relação a 2016, quando a estatística chegou a 343.

CONSULTORIA Bárbara Aires, consultora em sexualidade e gênero, Dimitri Sales, presidente do Instituto Latino-Americano de Direitos Humanos e membro do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana de São Paulo, e Maria Lúcia Macedo Pereira, especialista em sexualidade humana pela Faculdade de Medicina da USP

FONTES G1, UOL, SUPERINTERESSANTE, Senado Federal, Grupo Gay da Bahia

Do Mundo Estranho - Por Bruno Machado
Share:

-

BANNER 728X90

Video Recomendado

-

AD BANNER

Visualizações

About & Social

Sobre este blog

Aqui eu não sou homem ou mulher. Sou um adepto do crossdresing. Sou uma Crossdresser - CD ou CDzinha. Desde os 9 anos, adoro lingeries e roupas sexyes. Levo uma vida normal masculina e tenho uma vida clandestina feminina.

Me proponho aqui a falar um pouco de tudo, em especial das Crossdressers, dos transexuais, dos Travestis e da enorme comunidade
LGBT existente em todo o mundo. Um estilo de vida complicado e confuso (para alguns)... Este espaço também se presta para expor a minha indignação quanto ao ódio e preconceito em geral.

Observo que esse é um blog onde parte do que aqui posto pode ser considerado como orientado sexualmente para adultos, ou seja, material destinado a pessoas maiores de 18 anos. Se você não atingiu ainda 18 anos, ou se este tipo de material ofende você, ou ainda se você está acessando a internet de algum país ou local onde este tipo de material é proibido por lei, NÃO siga 'navegando'.

Sou um Crossdresser {homem>mulher} casada {com mulher - que nada sabe} e não sou um 'pedaço de carne'.

Para aqueles que eventualmente perguntam sobre o porque do termo 'Crossdresser GG', eu informo que lógico que o termo trata das minhas medidas. Ja que de fato visto 'GG'. Entretanto alcunhei que 'GG' de Grande e Gorda, afinal minhas medidas numéricas femininas para Blusas, camisetas e vestidos são tamanho: 50 e Calças, bermudas, shorts e saias são tamanho: 50.

Entre em contato comigo!

Nome

E-mail *

Mensagem *

busque no blog

Arquivo do blog

TROCA DE LINKS

Apoio ao Crossdresser
Universo Crossdress
Márcia Tirésias
Club Cross
Fórum Crossdressing Place
Jornalismo Trans - Neto Lucon
Kannel Art
Noite Rainha Cross
Diário de uma Crossdresser

Gospel LGBT
Dom Monteiro - Contos do Dom
La nueva chica del bairro
Ravens Ladies
Travestismo Heterosexual

CROSSDRESSER
Nathasha b'Fly
Veronica Mendes
Camilinha Lafert
Kamila Cross BH
Sophia Mel Cdzinha

DANYELA CROSSDRESSER
Duda CD
Bruninha Loira sapeka
Cross Gatas
Klesia cd
Renata Loren
Coroa CD
Suzan Crossdresser
Érika Diniz
CDZINHA EXIBICIONISTA
Aninha CDzinha
Camila Praz
CD VALDETTY
CD Paty
Cdzinha Moranguinho
Jaqueline CD
Paty Cdzinha

Contos Eróticos da Casa da Maitê
Elite Transex

Mais

Mais vistos na ultima semana

Tags

Postagens mais visitadas há um ano

Postagem em destaque

Renata Montezine arrasando como sempre

Renata Albuquerque Montezine é atualmente uma das mulheres trans, de maior sucesso no país. Já foi modelo plus size, sendo a primeira...

Pages